COTAÇÃO DE 20-01-2022

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,4160

VENDA: R$5,4170

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,4470

VENDA: R$5,5770

EURO

COMPRA: R$6,1450

VENDA: R$6,1478

OURO NY

U$1.837,83

OURO BM&F (g)

R$321,61 (g)

BOVESPA

+1,01

POUPANÇA

0,6340%%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Negócios

Braspell vai investir R$ 3 bi em Juiz de Fora

COMPARTILHE

" "
A1 Pellets CREDITO REPRODUÇÃO

Juiz de Fora deve vivenciar, na próxima década, um importante estímulo na economia local, já que o município foi escolhido para receber um projeto cujo planejamento envolve investimentos da ordem de R$ 3 bilhões. Trata-se de recursos destinados à construção das instalações onde serão alocados o centro logístico e a fábrica da Braspell Bioenergia, empresa que atua com a produção de pellets de madeira, um tipo de biocombustível que tem a capacidade de substituir o carvão mineral e suprir as necessidades de termelétricas, por exemplo. 

Segundo o diretor-técnico da Braspell Bioenergia, Afonso Celso Bertucci, a viabilidade do projeto foi assegurada por estudos que tiveram início ainda em 2017. Na última semana, a empresa assinou, junto à Prefeitura de Juiz de Fora, o protocolo de intenções de investimentos para a execução dos projetos. Durante a cerimônia, autoridades locais consideraram esse como um dos maiores capitais privados já destinados ao município, localizado na Zona da Mata. 

PUBLICIDADE




Após a assinatura do documento, a Braspell Bioenergia inicia agora o processo de licenciamento ambiental, etapa que Bertucci acredita que deve durar, em média, oito meses. Com as aprovações das licenças, a expectativa é de que em 24 meses estejam prontos o centro logístico, que dará vazão ao biocombustível produzido no local, e a primeira linha de transformação de madeira oriunda de florestas plantadas de Juiz de Fora para os pellets

No total, a fábrica contará com três linhas que serão inauguradas ao longo dos próximos dez anos, sendo que cada uma delas tem o custo de US$ 140 milhões e capacidade para produzir, anualmente, 600 mil toneladas — quando prontas, as três linhas terão a capacidade de produção instalada de 1,8 milhão de toneladas por ano. 

A disponibilidade de madeira em um raio de 100 quilômetros do município e as possibilidades logísticas foram as características determinantes para a escolha do local. “Juiz de Fora é o nosso segundo corredor logístico. A produção será escoada pela ferrovia MRS que liga o município ao Porto de Itaguaí, no Rio de Janeiro, onde a carga é armazenada para a exportação”, afirma o diretor-técnico, que acrescenta, ainda, que a empresa tem como foco, principalmente, o mercado europeu, seguido da Ásia, representado por Japão e Coreia do Sul. 

Alternativa sustentável 

Os pellets da Braspell Bioenergia serão produzidos, basicamente, de eucalipto. De acordo com Bertucci, esse material é competitivo com combustíveis fósseis, como é o caso do óleo, e de outras fontes de energia, já que mantém o poder calorífico necessário para abastecer desde os sistemas de aquecimento de casas, hotéis e hospitais (calefação) até os fornos de siderúrgicas e usinas termelétricas. 




“O mundo precisa trocar o carvão mineral e o substituto natural para isso é a biomassa florestal. Com a COP 26 (Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas de 2021), o consumo por fontes como essa (pellets) irá aumentar”, afirma Bertucci. Ainda no que diz respeito à sustentabilidade, o diretor ressalta que os rejeitos de energia da fabricação dos pellets irão tornar a própria unidade das Braspell em Minas Gerais autossuficiente, sendo que a energia excedente será vendida ao mercado. 

Novos empregos

Os preparativos para atender à demanda mundial devem envolver até 4 mil pessoas trabalhando nas diferentes etapas da construção da indústria e no fornecimento de matéria-prima (empregos indiretos). De forma fixa, a Braspell acredita que até 300 postos de trabalho serão gerados na fábrica, que será toda automatizada. 

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!