COTAÇÃO DE 26/10/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6270

VENDA: R$5,6270

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6730

VENDA: R$5,8030

EURO

COMPRA: R$6,6420

VENDA: R$6,6450

OURO NY

U$1.792,47

OURO BM&F (g)

R$327,87 (g)

BOVESPA

-1,34

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Coronavírus Negócios

Cabine previne autocontaminação por Covid-19

COMPARTILHE

Crédito: Reprodução/Arquivo dos pesquisadores

Desde a chegada da pandemia de Covid-19 ao Brasil, no final de fevereiro, universidades trabalham em diversas frentes de combate à disseminação da doença e auxílio da estruturação do chamado “novo normal”.

Estudantes da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), no Triângulo, por exemplo, projetaram um higienizador coletivo para que até seis pessoas possam lavar as mãos simultaneamente, sem tocar em torneiras, sem ligação à rede de água e sem energia elétrica.

PUBLICIDADE

Conforme a UFU, a ideia surgiu ainda em março, quando as medidas de prevenção começavam a ser aplicadas em Minas Gerais, como regras de distanciamento social, uso de máscaras e higienização frequente das mãos. O higienizador, no caso, evita que as pessoas se autocontaminem ao levar as mãos ao rosto.

O projeto é de autoria de três alunos do quinto período do curso de graduação em Design: Laís Abdala Moura, Letícia Franco e Marcel Arantes Lima.

Os estudantes explicam que a estrutura do equipamento é hexagonal e comporta seis pias, duas delas adaptadas para pessoas com deficiência. Essas pias estão conectadas a uma caixa d’água de 500 litros, que fica a uma altura de 1,2 metro do chão, para que a água possa fluir com a força da gravidade. Quando o usuário se aproxima da pia, basta acioná-la com o auxílio do pedal.

As pias também têm saboneteira (que funciona com uma alavanca, de modo que, após obter a porção de sabonete líquido, a pessoa não precise mais tocar para fechá-la) e dispenser de papel-toalha.

Ao terminar de lavar as mãos, basta retirar o pé do pedal para interromper o funcionamento da pia, sem precisar tocá-la com as mãos limpas. Além disso, as pias adaptadas para pessoas com deficiência têm um tipo diferente de pedal, que libera a água a partir da pressão feita pelo apoio de pé da cadeira de rodas. E o papel-toalha pode ser descartado nas lixeiras próximas.

Ainda conforme os estudantes, a estrutura é adequada para locais públicos e pode ser deslocada com facilidade, uma vez que é feita com materiais leves, possui rodas e travas de segurança.

O material indicado para a construção das cabines de higienização é o polietileno de alta densidade, “resistente à tração, compressão e tensão”. Para pias, torneiras, pedal de ativação e saboneteiras “o melhor material é o metal inox, que é de fácil limpeza e longa durabilidade”.

UE rejeita aliança com OMS

Bruxelas – A União Europeia não está interessada em comprar possíveis vacinas contra Covid-19 por meio de uma iniciativa coliderada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) por considerá-la lenta e de alto custo, disseram duas fontes do bloco, observando que a UE está conversando com farmacêuticas para conseguir vacinas por menos de US$ 40.

A posição mostra que a UE só adotou em parte uma abordagem global na corrida por vacinas contra Covid-19, já que, embora seja uma das maiores apoiadoras de iniciativas a favor de um acesso igualitário para todo o mundo, prefere priorizar os suprimentos para a população do bloco.

Tal postura também pode prejudicar a Covax, iniciativa liderada pela OMS para garantir vacinas para todos.

“Usar a Covax levaria a preços mais altos e suprimentos mais demorados”, disse uma das autoridades.

A OMS e a Gavi, uma parceria público-privada que colidera a Covax, não quiseram comentar de imediato

Um mecanismo da Covax concebido para comprar vacinas antecipadamente está visando um preço de US$ 40 em países ricos, disse a autoridade, acrescentando que a UE poderia adquiri-las por preços menores com seu próprio esquema de pré-compra.

Atualmente, o bloco está conversando com várias farmacêuticas para obter suas vacinas contra coronavírus em potencial por antecipação, disseram autoridades na semana passada.

Estes acordos possíveis seriam financiados com cerca de 2 bilhões de euros de um fundo contingencial da UE conhecido como Instrumento de Apoio de Emergência (ESI), segundo autoridades.

Caso estejam disponíveis, o bloco também quer garantir vacinas até o final do ano. Este cronograma “não é viável” com a Covax, disse um funcionário.

A Comissão Europeia, que é o Executivo do bloco e lidera suas tratativas com as farmacêuticas, aconselhou as nações da UE a usarem o Covax se quiserem, mas não para comprar vacinas, disse o funcionário.

O porta-voz da Comissão não quis comentar.

Uma autoridade disse que se unir às duas iniciativas pode não ser viável legalmente, já que os Estados da UE aceitaram uma clausula de exclusividade quando apoiaram o esquema de compra antecipada.

Surpreendida pelas manobras dos Estados Unidos para garantir vacinas e remédios em potencial contra o coronavírus, a UE adotou recentemente uma postura mais afirmativa nesta corrida global. (Reuters)

Chega ao Brasil mais de 200.000 testes rápidos de antígeno para Covid-19 sul-coreanos | Crédito: Divulgação/RapiGEN

Teste sul-coreano apresenta resultado em até 8 minutos

RapiGEN, fabricante sul-coreana de soluções inovadoras na área da saúde, entrou no mercado brasileiro com o Kit de Teste Rápido Biocredit Covid-19 Ag para detecção do Covid-19. A importação do produto, já com licença da Anvisa e aprovação INCQS/Fiocruz, é realizada pela operação Biocredit, que investiu mais de R$ 10 milhões no projeto.

O principal diferencial do teste, em relação ao RT-PCR, é a detecção do vírus em até 8 minutos. Para Darcy Itiberê, responsável pela operação, o principal objetivo do produto é agilizar a retomada da economia e das atividades presenciais com segurança.

“A detecção e a triagem rápidas restringem a proliferação do vírus, porque as pessoas identificadas positivamente pelo nosso teste podem ser isoladas e tratadas imediatamente”, afirma.

Metodologia e eficácia – A RapiGEN atua há mais de 18 anos no desenvolvimento de testes rápidos para o diagnóstico de diversos tipos de vírus (antígenos virais). O Biocredit Covid-19 Ag é o primeiro teste a fazer a detecção do antígeno para a covid-19 usando a tecnologia Black Gold Particle, o que permite uma alta sensibilidade e especificidade.

O profissional da área de saúde realiza a coleta de uma amostra nasofaríngea, que é analisada na placa de teste. A interpretação do resultado é simples, semelhante aos testes de gravidez. Em poucos minutos o paciente sabe se está com o vírus. A eficácia é similar à do teste de RT-PCR para a detecção do Covid-19.

Atualmente, o padrão ouro para a testagem do Covid-19 no Brasil é o RT-PCR, contudo seus resultados saem em no mínimo 48 horas. Ou seja, cada metodologia apresenta vantagens e desvantagens.

“O teste Biocredit Covid-19 Ag é mais barato que o RT-PCR. Não é preciso enviá-lo a um hospital ou laboratório, o que agiliza o processo em regiões carentes”, diz a farmacêutica-bioquímica e consultora da RapiGEN, Roberta Bevilacqua. “O teste promove ainda maior segurança para os profissionais da área de saúde, que devem ser testados regularmente.”

Projetos sociais – Com pronta-entrega, a RapiGEN tem distribuição em todo o território nacional. Uma das suas ações foi a entrega de 1.000 kits para as tribos dos índios Xingu, no Mato Grosso. “Nosso objetivo é expandir essas ações socias para mais comunidades carentes”, diz Darcy Itiberê. A empresa também visa difundir o produto entre caminhoneiros, com o projeto Estrada Segura.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!