COTAÇÃO DE 13/05/2022

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,0570

VENDA: R$5,0580

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,1500

VENDA: R$5,2590

EURO

COMPRA: R$5,3163

VENDA: R$5,3179

OURO NY

U$1.810,48@

OURO BM&F (g)

R$303,69 (g)

BOVESPA

+1,17

POUPANÇA

0,6672%

OFERECIMENTO

Negócios

DC LIVROS 14/05

COMPARTILHE

Mortos-vivos têm muito a ensinar sobre como vive

The Walking Dead, A Noite dos Mortos-Vivos e Resident Evil são produções que moldaram a imagem popular das criaturas conhecidas como zumbis. Focadas na luta por sobrevivência, estas obras ignoram uma pergunta que ecoa há muito tempo sem resposta: afinal, o que se passa na cabeça de um moribundo? O jovem escritor Diego Rates desvenda este mistério em “As Últimas Memórias de um Morto-Vivo”. O livro apresenta o dia a dia do zumbi Joe em sua jornada de autoconhecimento repleta de humor e situações absurdas durante o apocalipse. Pensada como uma homenagem ao “morto-vivo” que existe em cada pessoa, a história conta com uma trama envolvente e um narrador que, apesar de meio-morto, é repleto de carisma. Lutando contra a tentação de se alimentar de carne humana para evitar a dependência, Joe desenvolve o hábito de escrever sobre suas lembranças na intenção de restaurar a memória perdida e compreender os eventos que culminaram com sua conversão em um zumbi pensante. (As Últimas Memórias de um Morto-Vivo, Diego Rates, Editora Viseu, 83 páginas, R$ 35,09)

Uma amizade em circunstâncias e gerações improváveis

Como uma amizade pode florescer em situações e em gerações improváveis? Depois de comover milhares de assinantes da TAG Livros, “Os cem anos de Lenni e Margot” chega agora às lojas pela editora Planeta. O romance de estreia da escritora inglesa Marianne Cronin também está em processo de adaptação para um longa-metragem pela Columbia Pictures, com distribuição da Sony. Sensível e emocionante, a história publicada em mais de 25 países se passa em um hospital em Glasgow, na Escócia. A protagonista é Lenni, uma adolescente sueca de 17 anos, encantadora, verdadeira e divertida, que está com câncer em estágio terminal. Para preencher os dias, em meio às restrições, passa a frequentar aulas de arte terapêutica. Nesta circunstância improvável ela conhece Margot, uma doce senhora de 83 anos. Em meio a uma conexão intensa e imediata, elas se dão conta de que, juntas, têm um século de vida. Para celebrar o centenário, decidem montar uma exposição de cem pinturas. Cada uma das obras, retrata uma memória importante dos anos que viveram e, assim, relembram os amores e dissabores da vida. (Os cem anos de Lenni e Margot, Marianne Cronin, Editora Planeta do Brasil, 350 páginas, R$ 56,90)

Moda consciente, sustentável e para todos

PUBLICIDADE




Entre 195 países, o Brasil é o nono maior mercado de consumo de roupas do mundo. Se considerar apenas os emergentes, a posição nacional sobe para quarto lugar. É o que aponta a pesquisa feita pela plataforma cupomvalido.com.br. As estatísticas comprovam: o brasileiro é vaidoso, mas também precisa se conscientizar sobre os impactos da indústria da moda na cultura, sociedade e meio ambiente. Quem traz à tona este debate e nas mais variadas frentes dentro do segmento é o consultor de estilo Reginaldo Fonseca. Em “Além da moda”, lançamento da DVS Editora, o empresário faz reflexões acerca da moda além da roupa e o que representa no cotidiano e no comportamento das pessoas. “A moda vai se transformando no decorrer dos tempos, e precisamos ir, nesse sentido, ao encontro das novas situações, adaptando-nos a tudo o que acontece no planeta e na vida”, propõe. Reginaldo quebra paradigmas ao sugerir que o tema deixe de ser ligado somente ao vestuário. Para ele, usar uma roupa está além da moda e do que a maioria conhece. “Tudo está ligado à nossa forma de ser, ver, perceber, aprender, entender, viver e nos comportar em todos os sentidos da vida”, reforça o especialista, que reitera a importância do entendimento de que a roupa escolhida faz parte de um contexto social. A obra também trata de brasilidade, sustentabilidade, poluição, veganismo e inclusão. (Além da Moda, Reginaldo Fonseca, DVS Editora, 176 páginas, R$ 154)

O caminho da felicidade

Aristóteles associava a felicidade a uma vida com propósitos e ao exercício intelectual. Epicuro entendia que ela está relacionada à paz mental. Já Marco Terencio Varrao, filósofo romano, a interpretou de 228 maneiras distintas. No lançamento da Editora Vida, Ana Paula Valadão Bessa e Gustavo Bessa contribuem com o debate a partir das experiências com Jesus e da leitura da Bíblia Sagrada. O teólogo e a líder do Diante do Trono, grupo musical que revolucionou a adoração contemporânea brasileira a partir de 1998, dividem “O caminho da felicidade” em seis capítulos e dois apêndices: passam pela descrição do caminho da felicidade feita por Jesus no Sermão do Monte, pela compreensão que o apóstolo Paulo tinha sobre o assunto e pela importância do descanso. A partir do quinto capítulo, os autores mostram qual a relação da identidade, trabalho e casamento com a felicidade. Ana detalha a crença que nutria sobre o significado de “felizes para a sempre” e como compreendeu que, na verdade, ele é uma construção diária. (O caminho da felicidade – Não está longe de você, Ana Paula Valadão e Gustavo Bessa, Editora Vida, 168 páginas, R$ 49,90)

Contém propósito, protagonismo e autenticidade

Escritora, palestrante e especialista em comportamento humano, Branca Barão, convida em seu novo livro as mulheres a descobrirem com clareza o que realmente querem para suas vidas. “A mulher que vivia de propósito” não é mais um livro para entender o significado desta palavra que todas buscam. É um guia, de fácil compreensão, que conduz a leitora na jornada para encontrar a verdadeira missão. Branca colocou no papel o método desenvolvido por ela, chamado “Mulheres de Propósito”, que auxilia as pessoas a tomarem consciência sobre si mesmas e aquilo que consideram uma boa vida, saírem da posição de vítimas e terem coragem de escrever a própria história com a realidade que tem. No lançamento da DVS Editora, a autora ensina a identificar a vida que cada uma quer viver e, também, como fazer as escolhas certas. Com exercícios práticos, histórias inspiradoras da própria autora e mentorandas, a obra apresenta uma explicação detalhada da metodologia de Branca, para o que o aprendizado indicado no livro seja real e aplicável. (A mulher que vivia de propósito, Branca Barão, DVS Editora, 336 páginas, R$ 89)

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!