COTAÇÃO DE 23 A 25/10/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6270

VENDA: R$5,6270

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6730

VENDA: R$5,8030

EURO

COMPRA: R$5,6730

VENDA: R$5,6750

OURO NY

U$1.792,47

OURO BM&F (g)

R$327,87 (g)

BOVESPA

-1,34

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Negócios

Em tempos de crise, aplicativo Best Gourmet oferece economia de 50%

COMPARTILHE

Dias: objetivo é que os consumidores conheçam novas culinárias | Crédito: Luciana Aith

Poder provar as delícias dos principais restaurantes de cada gênero da sua cidade, contando com pelo menos 50% de desconto no prato principal, é a proposta do aplicativo Best Gourmet, que começa a operar em Divinópolis, na região Centro-Oeste, e Sete Lagoas, na região Central.

A plataforma tem como propósito motivar os clientes a conhecerem novos sabores fazendo um verdadeiro tour gastronômico pela cidade. Para isso, é necessário baixar o app, comprar o passaporte e ir a um dos estabelecimentos parceiros da sua cidade, pedir um prato ou drinque e receber 100% de desconto no segundo pedido de igual ou menor valor.

PUBLICIDADE

De acordo com o sócio da Best Gourmet, Óliver Dias, o objetivo é que os consumidores transitem pelos estabelecimentos e conheçam novas culinárias, sempre nas melhores casas disponíveis. São três opções de planos: Anual (R$15,90/mês), Semestral (R$ 20,90/mês) ou Mensal (R$ 25,90/mês).

“Somos voltados para experiência, trabalhando apenas com restaurantes premium e não temos o serviço de delivery. O cliente pode conferir os restaurantes locais e para usar os descontos, tem que ser assinante. O perfil mais comum é de casais e famílias. Já para os restaurantes é uma parceria sem custos. Ele ganha ao se tornar mais conhecido entre clientes do seu perfil, já que o Best Gourmet funciona como uma comunidade. Não tenho interesse em ter, por exemplo, todas as hamburguerias artesanais de uma cidade no aplicativo, mas apenas as melhores”, explica Dias.

A entrada do Best Gourmet em novas cidades acontece por meio de franquias. O parceiro local é responsável pela parte comercial do negócio, especialmente o marketing para tornar o aplicativo conhecido entre os consumidores. O faturamento do franqueado vem das assinaturas. Atualmente, o Best Gourmet Club conta com 10 unidades franqueadas atuando home office presente em 14 cidades e nove estados brasileiros, além de três unidades próprias e a loja física (matriz), em Cuiabá (MT).

O investimento médio inicial é de R$ 26,8 mil para cidades de até 100 mil habitantes, em modelo home based totalmente digital. O faturamento médio estimado é um dos grandes atrativos dessa microfranquia, que pode chegar de R$ 3 mil a R$ 10 mil por mês.

Em Minas Gerais, a empresa já prospecta oportunidades em Uberaba e Uberlândia, no Triângulo; Juiz de Fora, na Zona da Mata; e Ipatinga, no Vale do Aço, além da Capital.

“Minas é um estado famoso pela gastronomia e pela hospitalidade. Buscamos cidades que tenham um setor de alimentação fora do lar consolidado e variado. Divinópolis e Sete Lagoas, por exemplo, são cidades de negócios, que oferecem uma vasta lista de restaurantes de boa qualidade. Isso, certamente, se repete em muitas cidades mineiras”, completa o sócio da Best Gourmet.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!