COTAÇÃO DE 26/10/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6270

VENDA: R$5,6270

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6730

VENDA: R$5,8030

EURO

COMPRA: R$6,6420

VENDA: R$6,6450

OURO NY

U$1.792,47

OURO BM&F (g)

R$327,87 (g)

BOVESPA

-1,34

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Negócios

Santa Casa BH lança curso de Gestão Hospitalar

COMPARTILHE

O projeto foi lançado em 2017 e, desde então, a instituição trabalha na criação de cursos e autorizações junto ao MEC - Créditos: divulgação

A Faculdade Santa Casa BH vai inaugurar o seu primeiro curso de graduação em Belo Horizonte em pouco mais de um mês. A expectativa é de que o curso tecnológico de Gestão Hospitalar seja lançado até início de junho e as aulas comecem em agosto com uma turma de 40 alunos.

A diretora acadêmica da Santa Casa BH Ensino e Pesquisa, Rosa Malena Delbone, afirma que esse é o primeiro passo para a criação de uma Universidade da Saúde no grupo. A expectativa é de que a faculdade incorpore outros cursos em breve, inclusive a graduação em medicina.

PUBLICIDADE

O projeto da faculdade foi lançado em 2017 e, desde então, a instituição trabalha na criação de cursos e autorizações junto ao Ministério da Educação. Rosa Delbone destaca que o primeiro curso que será lançado em junho está alinhado com a vocação da Santa Casa BH, que já é reconhecida no Brasil por sua gestão eficiente.

“Nosso atendimento é 100% SUS e, mesmo sem ter foco no lucro, mantemos uma instituição de referência e sem prejuízos financeiros. Isso é possível por causa de uma gestão eficiente e é essa expertise que vamos ensinar no curso de Gestão Hospitalar”, diz.

Ela afirma que o curso é voltado para profissionais que têm interesse em trabalhar na administração de instituições de saúde, tanto públicas quanto privadas. Ela lembra que, embora o foco do grupo seja na saúde pública, a Santa Casa BH também administra o Hospital São Lucas, que atende por meio de convênios e particular.

“O aluno receberá conhecimento para a gestão de instituições públicas e privadas. Acredito que esse curso ajudará os profissionais a encontrarem muitas oportunidades de emprego, até porque a marca de gestão da Santa Casa é muito forte no mercado”, frisa.

De acordo com ela, o curso Gestão Hospitalar tem duração de três anos. As turmas terão até 40 alunos e a matrícula será aberta a cada seis meses. A faculdade funcionará nos dois primeiros andares do Centro de Especialidades Médicas, na avenida dos Andradas, na região Leste de Belo Horizonte.

Segundo a diretora, entre fim de maio e início de junho será inaugurada a primeira etapa das obras da instituição, que vai ocupar um espaço de 9 mil metros quadrados.

“Nesse primeiro momento, vamos inaugurar salas de aula, biblioteca, o laboratório da escola técnica de enfermagem, o laboratório de informática e a parte administrativa. Em um segundo momento, vamos ampliar a biblioteca e inaugurar outras áreas como os laboratórios de simulação e de pesquisa”, detalha.

Rosa Delbone afirma que a intenção da direção do grupo é ampliar a faculdade com cursos principalmente na área de saúde. Entre as graduações que estão no radar da Santa Casa BH estão medicina, enfermagem e psicologia.

A diretora afirma que ainda não é possível dizer quando esses novos cursos serão ofertados e adianta que, para 2019, a novidade é apenas o curso de Gestão Hospitalar. Ela afirma que a meta do grupo é transformar toda a área educacional da Santa Casa BH em uma Universidade da Saúde, lembrando que o que não falta no grupo é expertise para isso.

“Foi na Santa Casa BH que nasceram duas das maiores escolas de medicina de Belo Horizonte. Os cursos de medicina da UFMG e da Ciências Médicas começaram no grupo. Além disso, a Santa Casa BH sedia o internato médico – período dos dois últimos anos do curso de medicina – de oito escolas de Minas Gerais”, destaca.

Além da faculdade, o grupo já oferece curso de formação para técnicos de enfermagem; 34 programas de residência médica e multiprofissional; 34 programas de especialização próprios, além de programas de pós-graduação lato e stricto sensu. Segundo a diretora, esses programas já resultaram cerca de 400 teses só nesse semestre.

“São 4 mil alunos, do técnico ao doutorado. Isso comprova nossas principais vocações que são assistência à saúde e ensino”, conclui.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!