COTAÇÃO DE 22/06/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$4,9650

VENDA: R$4,9660

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$4,9570

VENDA: R$5,1130

EURO

COMPRA: R$5,9745

VENDA: R$5,9772

OURO NY

U$1.778,62

OURO BM&F (g)

R$286,53 (g)

BOVESPA

-0,38

POUPANÇA

0,2446%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Negócios Negócios-destaque
Projeto prevê um novo prédio capaz de receber até mil alunos do ensino infantil e fundamental - Crédito: Divulgação

A Fundação Logosófica em Prol da Formação Humana, que mantém dois colégios logosóficos na Capital – no Funcionários, região Centro-Sul, e na Cidade Nova, região Nordeste -, vai abrir o primeiro colégio em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). O bairro escolhido foi o Vila da Serra, onde já funciona uma sede da Fundação que oferece cursos de formação.

O projeto prevê um novo prédio de nove andares capaz de receber até mil alunos do ensino infantil e fundamental em tempo integral quando estiver em pleno funcionamento. Em fase de orçamento, já recebeu aprovação da prefeitura e passou pelo licenciamento ambiental. A previsão para o início das obras é o segundo trimestre de 2020.

PUBLICIDADE

De acordo com o diretor administrativo-financeiro da Fundação, Paulo César Bicalho de Abreu Chagas, o prédio será entregue por fase concluída. “Tão logo passe a estação das chuvas, vamos começar as obras. Estamos em fase final de orçamento e só após a conclusão teremos o valor total do investimento e os prazos de obra e conclusão. Nosso objetivo é fazer tudo com recursos próprios. Então precisamos ter um planejamento muito bem feito para não corrermos o risco de nenhum tipo de interrupção”, explica Chagas.

O terreno já pertencia à Fundação, o que facilitou a escolha da região. Tradicionalmente um novo colégio é implantado onde a Fundação já tinha uma sede. Em um futuro de médio prazo, o mesmo pode acontecer com a sede que funciona atualmente no Gutierrez (região Oeste). Para a unidade Cidade Nova está prevista uma expansão.

A Fundação chegou ao Vila da Serra em 1987. “Esse foi um terreno doado pela prefeitura. Aqui temos cursos de capacitação. Isso é importante para criação de mais uma unidade do colégio. Acompanhamos o crescimento da região, a formação das famílias e hoje existe uma demanda por uma escola com a nossa filosofia. Aqui certamente será a nossa maior unidade. Hoje, não temos mais como fazer crescer a unidade do Funcionários por uma questão física. A unidade Cidade Nova vai passar em breve por uma expansão”, afirma o executivo.

A formação de mão de obra é um ponto determinante para a abertura de novas unidades. A Logosofia, pensamento criado pelo argentino González Pecotche – que tem como base o autoconhecimento e o esforço individual como forma de evoluir conscientemente, no empenho de ser uma pessoa melhor nos campos físico, psicológico e espiritual, contribuindo, assim, para a construção também de um mundo melhor -, dá origem à pedagogia utilizada pelo Colégio. Para aplicá-la é necessária uma formação específica.

“Aplicamos os conceitos da logosofia dentro dos conteúdos ministrados. Existe uma preocupação com a formação humana sem prescindir da formação técnica dos conteúdos exigidos pela legislação brasileira. Para que isso seja possível precisamos formar nossos professores. Até por isso os colégios são originados da sede na maioria dos casos”, destaca o diretor da Fundação Logosófica.

 

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!