COTAÇÃO DE 24/09/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,3430

VENDA: R$5,3440

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,3800

VENDA: R$5,5030

EURO

COMPRA: R$6,2581

VENDA: R$6,2594

OURO NY

U$1.750,87

OURO BM&F (g)

R$301,00 (g)

BOVESPA

-0,69

POUPANÇA

0,3012%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Negócios Negócios-destaque

Com dez anos de mercado, a Guiando – startup mineira especializada em Telecom Expense Management – se prepara para uma rodada de investimentos no ano que vem. Uma das três maiores do segmento no País e referência na gestão de recursos, a empresa abrirá captação em vistas de acelerar o desenvolvimento do braço de “contas a pagar”.

De acordo com o cofundador e CEO da Guiando, Rodrigo Schittini, as expectativas são grandes, até pela demanda crescente do serviço, o que acabou se tornando um diferencial, em meio à pandemia de Covid-19. “O setor de telecom estava meio estagnado e, com a crise financeira imposta pelo novo coronavírus, os serviços de auxílio na parte de controlar, coletar, processar e enviar dados para pagamento de qualquer fatura recorrente cresceram exponencialmente”, destacou.

PUBLICIDADE

É que a Guiando foi criada para ajudar empresas a realizar esses processos com faturas de telefonia por meio de mecanismos de automação. O aprendizado nesse processo é que fez a startup expandir a solução para ajudar as empresas na parte de contas a pagar.

Tem dado tão certo que, em dezembro, apenas este braço deverá crescer 300% sobre o mesmo mês de 2019. Já a parte de telecom deverá avançar 10% na mesma base de comparação. Os valores no acumulado do ano não foram revelados.

A iniciativa também já tem sido reconhecida Brasil afora. Tanto que a empresa acaba se sair vencedora do Ranking 100 Open Startups, na categoria fintechs. Esta foi quinta edição do evento, que destaca anualmente as startups mais atraentes para o mercado corporativo e as empresas líderes mais engajadas no ecossistema de inovação.

Para Schittini, a regularidade da empresa foi um dos fatores determinantes para o reconhecimento. “É um orgulho coletivo, especialmente em um ano repleto de complexidades como este. Há mais de 10 anos a Guiando investe na manutenção e crescimento de uma carteira de clientes fortes, e desde sempre focados nas maiores empresas do País”, reconheceu.

Outro fator, conforme o executivo, que mantém a companhia em evidência é o constante investimento. “Há mais de dois anos investimos na construção de uma solução de automação inteligente do braço de contas a pagar. Com ela, aceleramos o crescimento, tivemos entrada em mais empresas e passamos a ser reconhecidos como fintech. Elevamos nossa geração de caixa e os recursos foram direcionados para novas contratações, mesmo durante a pandemia”, completou.

Assim, a empresa encerrará o ano com cerca de 90 profissionais e outras diversas oportunidades de emprego disponíveis. A projeção é de um crescimento superior a 50% do time até o final de 2021.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!