COTAÇÃO DE 17/05/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,2660

VENDA: R$5,2660

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,2500

VENDA: R$5,4230

EURO

COMPRA: R$6,4106

VENDA: R$6,4134

OURO NY

U$1.866,89

OURO BM&F (g)

R$316,43 (g)

BOVESPA

+0,87

POUPANÇA

0,2019%%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Negócios Negócios-destaque
Rodrigo Oliveira ressalta que as perspectivas são de que cerca de três empresas por mês passem a integrar a Vangardi no primeiro ano de operação - Crédito: Divulgação

Com investimentos de aproximadamente R$ 1 milhão, a Investor, que atua há mais de 10 anos no mercado financeiro, está lançando a Vangardi, primeira plataforma híbrida de equity crowdfunding (investimento coletivo) do País.

A ferramenta torna possível a pessoas físicas adquirir títulos de startups em desenvolvimento e de empreendimentos imobiliários em construção por meio de aplicações a partir de R$ 1.000.

PUBLICIDADE

Conforme destaca o diretor-geral da Investor, Rodrigo Oliveira, todos saem ganhando [bastante] com o projeto. Empresas com faturamento anual de até R$ 10 milhões, que ainda não são considerados escaláveis, terão os recursos necessários para isso. Já os investidores poderão ter retornos entre 12% e 20% por ano. A plataforma, por sua vez, lucra até 10% em negociações diretas com o emissor.

Perspectivas – Oliveira ressalta que as perspectivas são de que cerca de três empresas por mês passem a integrar a Vangardi no primeiro ano, com captações que, somadas, devem chegar aos R$ 40 milhões.

A captação de estreia da plataforma vai começar a partir da primeira semana de outubro, durante a Semana Mundial do Investidor. Trata-se do empreendimento Streit, da F2 Incorporadora e Construtora. O prédio residencial, localizado no bairro São Pedro, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, já tem 100% das unidades vendidas. A previsão de inauguração é para julho de 2020.

O diretor-geral da Investor afirma que a queda na taxa básica de juros deverá ser o principal impulsionador da plataforma, já que oferece aos investidores mais possibilidades de ganhos reais. Além disso, ele acrescenta, o equity crowdfunding ainda dá acesso ao grande público a oportunidades que antes estavam restritas somente para investidores qualificados.

Revolução digital – O profissional acrescenta que a plataforma é uma tendência que segue as transformações mercadológicas propostas pela tecnologia. Quando se trata dos fundos de investimentos tradicionais, é necessária a figura do gestor, o que não ocorre em ferramentas como a Vangardi.

“Unimos o empresário diretamente ao investidor. É uma tendência da revolução digital que veio para ficar. Quando se retira o intermediário, todos podem ganhar mais”, avalia ele.

Segurança – Oliveira afirma que a escolha dos empreendimentos que farão parte da plataforma é bastante criteriosa e leva em conta o histórico dos sócios, dos pagamentos das empresas, análise de crédito, entre outras questões. Ele lembra, ainda, que a Vangardi é regulamentada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!