COTAÇÃO DE 17/05/2022

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$4,9420

VENDA: R$4,9430

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,0400

VENDA: R$5,1520

EURO

COMPRA: R$5,2307

VENDA: R$5,2334

OURO NY

U$1.814,77

OURO BM&F (g)

R$290,29 (g)

BOVESPA

+0,51

POUPANÇA

0,7025%

OFERECIMENTO

Negócios

Messer Gases vê no Estado grande potencial para investir

COMPARTILHE

A Messer Gases produz gases industriais, medicinais e especiais para diversos setores - Créditos: Divulgação

A chegada da empresa alemã Messer Gases ao Brasil pode trazer investimentos para Minas Gerais no mercado de produção de gases industriais, medicinais e especiais. Junto com a CVC Capital PartnersFund VII, a empresa adquiriu as 40 operações brasileiras da também alemã, Linde Gases. Agora, a Messer Gases espera escalar o negócio em todas as novas áreas de atuação, sendo Minas Gerais um dos seus principais mercados em termos de produção e comercialização.

O diretor de operações da Messer Gases no Brasil, Rodrigo Casado, explica que o grupo alemão enxergou potencial no mercado das Américas. Até então, a empresa se concentrava no atendimento da Europa e Ásia, mas, diante da oportunidade de compra das operações da Linde Gases na América do Sul e da América do Norte, investiu mais US$ 3 bilhões para expandir a atuação nesses mercados.

Casado acredita na recuperação da economia brasileira – Créditos: MARCOS CIMARDI

PUBLICIDADE




Casado explica que o grupo enxerga o mercado brasileiro com bons olhos e acredita na recuperação da economia.

“Em um ambiente de incerteza econômica como o atual no Brasil é natural que os investidores aguardem para fazer aportes. Mas essa expansão da Messer Gases mostra que o grupo está confiante em uma retomada na economia e que já está se mobilizando agora para esse cenário”, diz.

A expectativa da empresa é não apenas operar as indústrias adquiridas, conforme explica o diretor, mas expandir a produção. Prova disso é que a operação nas Américas é em conjunto com a CVC Capital PartnersFund VII, empresa de private equity e que, portanto, tem interesse em escalar o negócio. Nesse contexto, Minas Gerais é um dos mercados-chave para o grupo alemão, tendo em vista que é um dos estados com maior número de clientes, além de sediar seis unidades industriais do grupo.

De acordo com Casado, as operações sediadas em Minas Gerais produzem gases como oxigênio, nitrogênio e argônio, que são utilizados em diferentes processos e setores, como abastecimento de hospitais, congelamento de alimentos e até solda e corte de materiais. Ao todo são três unidades em Timóteo, no Vale do Aço, uma em Uberaba, no Triângulo Mineiro, uma em Juiz de Fora, na Zona da Mata e uma em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH).

PUBLICIDADE




“O Estado é muito bem servido do ponto de vista de estrutura fabril e de produção. Além disso, são indústrias com capacidade bastante utilizada, o que nos leva a crer que, em um curto espaço de tempo, poderemos expandir em Minas Gerais”, adianta.

De acordo com o diretor, ainda não é possível falar em investimentos precisos, uma vez que a situação econômica do País deve ditar a intensidade desses aportes. Mas, ele garante que as perspectivas são positivas.

“Apesar de a economia ainda não dar sinais reais de melhora já registramos um resultado superior ao que esperávamos nos primeiros quatro meses do ano no Brasil. Já percebemos uma movimentação nos clientes e até aumento de produção”, comemora.

O executivo esteve na capital mineira no dia 6 de maio para uma apresentação da operação a um grupo de cerca de 60 empresários. O objetivo da visita era apresentar o grupo alemão e comunicar as expectativas de investimento no Estado.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!