COTAÇÃO DE 14/05/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,2710

VENDA: R$5,2710

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,2700

VENDA: R$5,4330

EURO

COMPRA: R$6,3961

VENDA: R$6,3990

OURO NY

U$1.843,90

OURO BM&F (g)

R$311,62 (g)

BOVESPA

+0,97

POUPANÇA

0,2019%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Negócios

Pague Menos abre centro de distribuição em Contagem

COMPARTILHE

Objetivo é garantir uma distribuição mais rápida e eficiente, melhorando o atendimento, explica Patriciana Rodrigues - Crédito: Erivelton Barbosa

O primeiro centro de distribuição e logística da rede de Farmácias Pague Menos em Minas Gerais já está operando. Localizado em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, a estrutura foi construída em quatro meses para suportar os planos de expansão da empresa no Estado. A rede não abre valores de investimento e nem a meta de abertura de lojas, mas garante que vai apostar no Estado nos próximos anos.

Segundo a vice-presidente comercial da rede, Patriciana Rodrigues, esse é o quinto centro de distribuição da marca, que tem outros quatro: Ceará, Goiás, Pernambuco e Bahia. Ela explica que algumas dessas estruturas têm capacidade para atender a marca em todo o País, mas a Pague Menos tem apostado em uma estratégia de proximidade dos seus mercados.

PUBLICIDADE

Segundo a executiva, o objetivo é garantir uma distribuição mais rápida e eficiente, melhorando o atendimento nos pontos de venda.

“Já entendemos que, nesse mundo digital, é a experiência do cliente é o que fará diferença no varejo físico. É por isso que estamos investindo pesado em distribuição para que os produtos certos cheguem na hora certa”, afirma.

O centro de distribuição em Contagem foi planejado dentro dessa estratégia. Ele tem 12 mil metros quadrados, capacidade parar operar 15 mil itens e abastecer as 80 lojas da rede presentes no Estado. Segundo o diretor de Supply Chain da Pague Menos, Renan Vieira, o centro começou a operar há uma semana e já tem um nível de quase 100% de atendimento. A estrutura foi construída no formato modular justamente para garantir sua ampliação para acompanhar o aumento do número de lojas em Minas Gerais. O novo centro gerou 100 empregos diretos.

A rede não abre meta sobre novas lojas em Minas Gerais, mas Patriciana Rodrigues destaca que o investimento no centro de distribuição é uma prova de que a marca enxerga potencial no mercado mineiro.

“São 80 lojas em Minas Gerais, mas o Estado comporta um número muito maior de operações. O centro de distribuição recém-inaugurado vai possibilitar essa expansão e melhorar o nível de atendimento local”, diz.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!