COTAÇÃO DE 22/09/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,3030

VENDA: R$5,3040

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,3100

VENDA: R$5,4600

EURO

COMPRA: R$6,1939

VENDA: R$6,1967

OURO NY

U$1.768,10

OURO BM&F (g)

R$301,58 (g)

BOVESPA

+1,84

POUPANÇA

0,3012%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Negócios
Acordo consolida parceria que vem sendo construída entre os governos há algum tempo - Créditos: PBH/ASSCOM

Belo Horizonte vai ganhar novos investimentos na área de cidades inteligentes, mobilidade, infraestrutura e tecnologia. O apoio virá do governo do Reino Unido, que assinou um acordo de cooperação com a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) para o fomento desses segmentos na cidade.

A parceria foi consolidada ontem, quando o prefeito, Alexandre Kalil, recebeu o embaixador do Reino Unido no Brasil, Vijay Rangarajan, na sede da prefeitura. O valor a ser investido na cidade ainda não está definido, mas faz parte do Prosperity Fund, fundo do governo britânico de 1,2 bilhão de Libras, destinado a melhorar a produtividade e as condições de vida em cidades pelo mundo.

PUBLICIDADE

O cônsul britânico Thomas Nemes explica que o acordo consolida uma parceria que vem sendo construída entre os governos há algum tempo. Ele lembra que o consulado foi instalado em Belo Horizonte de forma provisória, mas se tornou permanente em 2017 e já caminha para o seu quarto ano de funcionamento na cidade. “Isso mostra como Belo Horizonte e Minas Gerais são importantes para a nossa atividade no Brasil”, frisa.

Segundo ele, o governo do Reino Unido já apoia iniciativas na cidade, como o projeto Expresso Amazonas, que visa a trazer mais mobilidade para a avenida Amazonas, na região Central. Mas ele explica que, a partir desse acordo de cooperação, a cidade passa a receber investimentos do fundo britânico para que projetos com esse mesmo foco em mobilidade e cidades inteligentes, mas também infraestrutura, comércio e tecnologia, possam ser executados.

“Esse fundo é destinado a projetos que estejam em consonância com os objetivos de desenvolvimento sustentável, da ONU. Então estamos falando em reduzir emissões de gases poluentes, melhorar a qualidade de vida da população, tornar a cidade mais atrativa para os negócios. Em Belo Horizonte, o foco será, principalmente, na mobilidade e na implantação de tecnologia de smart city, que tem o potencial de levar a cidade a esses objetivos”, explica.

Segundo ele, o projeto está sendo desenhado junto à Empresa de Transporte e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans). Também será realizada uma licitação para contratar uma organização para implementá-lo. O cônsul explica que poderá ser uma consultoria, um consórcio ou até uma organização não governamental. Após todas essas definições é que será fechado o custo do projeto e o investimento a ser dispensado pelo governo britânico.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Claudio Beato, comemora a assinatura do acordo e destaca que esse é apenas o primeiro passo para uma parceria duradoura entre os dois governos. Ele lembra que Belo Horizonte tem muito a oferecer, sendo sede de grandes universidades, de um polo de economia criativa e de centros de pesquisas importantes, como o do Google. Para além do tema cidades inteligentes, ele acredita que o apoio do governo britânico resultará em fomento de áreas como biotecnologia, big data e inteligência artificial.

“Há uma tendência no mundo para a abertura de dados nas cidades, de forma que haja mais transparência em processos administrativos, mas também para que se crie plataformas inteligentes para o uso da população. Acreditamos que essa parceria vai nos conduzir nesse sentido e que isso vai atrair ainda mais empresas para a cidade”, completa.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!