COTAÇÃO DE 23 A 25/10/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6270

VENDA: R$5,6270

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6730

VENDA: R$5,8030

EURO

COMPRA: R$5,6730

VENDA: R$5,6750

OURO NY

U$1.792,47

OURO BM&F (g)

R$327,87 (g)

BOVESPA

-1,34

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Negócios
Grandes empresas precisam mesmo buscar soluções mais ágeis nesse ambiente das startups, ressaltou João Cruz - Crédito: Paulo Márcio

Pequenas empresas do segmento de inovação e startups têm a oportunidade de captar até R$ 1,5 milhão (cada uma delas) na chamada de projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação da Petrobras em parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

O edital foi divulgado ontem, durante evento na sede do Sebrae, na região Oeste da Capital. A expectativa é de que essa primeira chamada selecione até 10 empresas e invista R$ 10 milhões. As inscrições serão abertas no dia 1º de agosto.

PUBLICIDADE

De acordo com o consultor da Petrobras e líder do projeto, Ricardo Ramos, a chamada é mais uma iniciativa da Petrobras para trazer inovação para os seus processos. Ele afirma que a empresa já faz parcerias com universidades e apoia as pesquisas, mas ele destaca que esse edital quer dar celeridade à criação de produtos e soluções inovadoras dentro da empresa.

“A Petrobras quer ingressar no ecossistema de inovação e transformar artigos científicos em inovações implantadas”, disse.

Para essa primeira chamada, a empresa busca pequenas empresas ou startups que atuem em seis áreas: tecnologia digital, corrosão, nanotecnologia, novas energias, catalisadores e captura e utilização de carbono. Algumas áreas são mais técnicas e específicas do setor de óleo e gás e, por isso, a empresa realiza em todo o País um road show para divulgar mais detalhes sobre o edital. A divulgação em Belo Horizonte ocorreu ontem, na sede do Sebrae Minas.

A expectativa é de que, nessa primeira chamada, sejam selecionados 10 projetos, que podem ser de startups ou empresas de inovação sozinhas, mas também de candidatos associados, como empresas e institutos de pesquisa. Segundo Ramos, esse edital procura, principalmente, projetos com alguma maturidade e protótipo. Entre os critérios de seleção estão o nível de maturidade tecnológica, a escalabilidade da solução, a equipe e a aderência ao tema. As inscrições abrem em 1º de agosto e podem ser feitas até o dia 5 de setembro no site.

Ao todo, a Petrobras investirá R$ 10 milhões nos projetos selecionados, sendo que cada um receberá entre R$ 500 mil e R$ 1,5 milhão. Ramos lembra que esse é apenas o primeiro de outros editais que virão. A meta é investir R$ 60 milhões nessas chamadas nos próximos cinco anos. Segundo ele, além do investimento, as empresas receberão acesso ao corpo técnico da Petrobras, além de todo o apoio em empreendedorismo do Sebrae.

Ecossistema mineiro – O consultor também elogiou o ecossistema mineiro de inovação e se disse otimista sobre as candidaturas que podem surgir do Estado.

“Minas Gerais abriga diversas universidades que já são parceiras da Petrobras, assim como muitas empresas que são fornecedoras da companhia. Além disso, Belo Horizonte tem um polo de startups, então a gente espera que o Estado seja um dos protagonistas dessas chamadas”, afirmou.

O diretor técnico do Sebrae Minas, João Cruz, destacou a importância de ações como essa da Petrobras e elogiou a chamada por estar bem direcionada ao mercado.

“Grandes empresas como a Petrobras têm dificuldade de inovar por causa de sua estrutura e precisam mesmo buscar soluções mais ágeis nesse ambiente das startups”, disse.

Ele explicou que o Sebrae dará suporte à chamada em três momentos, sendo o primeiro o apoio à divulgação, o que inclui o evento realizado ontem e outras ações de sensibilização do público potencial. Além disso, a instituição também será responsável pelos trâmites de formalização de contrato e repasse dos recursos no caso de projetos mineiros selecionados. Em um último momento, o Sebrae também vai oferecer todo o suporte na área de gestão para que as empresas se adequem às regras do edital.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!