Crédito: Divulgação

A reabertura dos estabelecimentos comerciais em diversas cidades brasileiras faz com que as empresas do setor livreiro precisem de um incentivo importante para fortalecer seus negócios diante de um novo cenário.

É com base nessa necessidade que a Câmara Brasileira do Livro (CBL), a Associação Nacional de Livrarias (ANL), o Sindicato Nacional dos Editores de Livros (Snel) e importantes players do mercado editorial do Brasil, se uniram para criar o projeto Retomada das Livrarias.

“Esse projeto foi pensado com a participação de vários nomes importantes do setor. Nesse momento é fundamental essa união entre as associações do livro como a ANL e o SNEL que estão muito engajadas”, destaca o presidente da CBL, Vitor Tavares.

A iniciativa busca arrecadar fundos para ajudar financeiramente as micro e pequenas livrarias, tão importantes para o setor e para a economia do País. Todas as empresas interessadas em receber o auxílio podem preencher um formulário no site projetoretomada.org.br. Uma comissão irá avaliar os dados das empresas cadastradas, validar a participação de cada uma delas de acordo com o perfil dos micro e pequenos negócios do setor para, então organizar o repasse da verba entre as participantes.

As doações podem ser feitas por pessoas físicas ou jurídicas e não há uma quantia mínima. Todos os valores podem ser repassados ao projeto por depósitos, transferências ou documento de ordem de crédito (DOC) por meios dos dados bancários:

Banco Itaú
Ag.0188
C/c. 15288-6
Câmara Brasileira do Livro
CNPJ 60.792.942/0001-81

Conheça algumas das empresas que fazem parte da iniciativa: Disal S.A., Distribuidora Catavento, Editora Melhoramentos, Faro Editorial, Inovação Distribuidora, Livraria Curitiba, Livraria da Vila, Livraria Leitura, Livraria Loyola, Livraria Travessa e Livraria WMF.