COTAÇÃO DE 23 A 25/10/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6270

VENDA: R$5,6270

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6730

VENDA: R$5,8030

EURO

COMPRA: R$5,6730

VENDA: R$5,6750

OURO NY

U$1.792,47

OURO BM&F (g)

R$327,87 (g)

BOVESPA

-1,34

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Negócios

Tecai apresenta novidades tecnológicas na CASACOR Minas

COMPARTILHE

Casa Acqua, de Cristina Menezes | Crédito: Jomar Bragança

A tecnologia vem se mostrando como grande aliada na vida das pessoas, garantindo praticidade, conforto, segurança, precisão, além de uma série de outras facilidades que fazem toda a diferença na vida das pessoas. Com o avanço e a democratização das ferramentas inteligentes, ter o controle da casa ou do escritório na palma da mão é muito mais do que tendência, é uma realidade que já faz parte da vida das pessoas.

A facilidade é que hoje tudo pode ser controlado pela palma da mão, por meio de telas e aplicativos, facilitando o uso. Dessa forma, tarefas como apagar ou acender a luz, acionar as cortinas, controlar o volume do som ou o canal de TV e até mesmo a temperatura da água no banho estão a apenas um comando de distância.

PUBLICIDADE

Especializada em oferecer soluções residenciais e corporativas, a mineira Tecai, empresa consolidada com o título “top of mind” nos segmentos de automação, áudio e vídeo vem investindo cada vez mais em sua participação na CASACOR Minas. Nesta edição, a empresa, que participa pela 5ª vez da mostra, está presente em 10 ambientes, apresentando aos visitantes muita tecnologia e uma série de produtos considerados inovadores no mercado.

Na Suíte das Pedras, assinada pelo arquiteto João Daniel, que participa pela primeira vez da CASACOR Minas, a Tecai é responsável por toda a sonorização do ambiente, a automação da iluminação, rede wi-fi e ainda pela criou um trilho de TV motorizado, com 9 metros de extensão, que permie que o aparelho possa se movimentar por todo o ambiente. Desta forma, o usuário pode assistir TV no quarto e até no banheiro ou closet.

“Nunca teve um trilho desse porte em nenhuma edição da CASACOR”, destaca Olavo Rocha, um dos diretores da Tecai. Isso permite que um único televisor possa ser utilizado em diferentes contextos e cenários, contribuindo para a mobilidade e até mesmo para a sustentabilidade uma vez que um único aparelho pode ser suficiente para atender diversas demandas de uma casa.

Gourmet dos Sentidos Deca, um dos ambientes mais tecnológicos da CASACOR Minas | Crédito: Jomar Bragança

Outro destaque fica por conta de todas as soluções apresentadas no ambiente Gourmet dos Sentidos Deca, projetado pelo experiente Sergio Viana, um grande entusiasta da inovação. Neste projeto, que abusa da tecnologia, a Tecai assina toda a sonorização, que fica invisível aos olhos, a automação de todos os comandos, além dos equipamentos responsáveis pelas projeções mapeadas que aparecem tanto na bancada principal como no espelho d’água e também na mesa de refeições, com trabalhos assinados pelo artista digital Bruno Zanetti.

A ideia foi criar um efeito surpreendente em toda a construção. Ele está presente na água, reproduzindo carpas virtuais, flores e folhagens, um verdadeiro show de luzes e de imaginação. As cubas da Deca, posicionadas estrategicamente dentro da água, são transformadas em belas Vitórias-Régias com as projeções. Outros projetores instalados na parte interna também criam experiências inovadoras.

A mesa de refeições ganha uma série de imagens, assumindo uma variedade de efeitos visuais capazes de tornar qualquer refeição em um evento. Já na ilha, uma tecnologia é ainda mais instigante: as receitas são projetadas de forma animada na bancada, formando uma espécie de tutorial, possibilitando que tanto a pessoa que estiver cozinhando quanto o público possa acompanhar todas as etapas de preparação dos pratos. Outro destaque do ambiente fica na área externa, um subwoofer iluminado, em meio ao jardim.  

Na Casa Acqua, projeto de Cristina Menezes, a proposta foi materializar em uma construção inspirada nas casas romanas da antiguidade, como a tecnologia pode ser nossa aliada no dia-a-dia. Por conta disso, todo o funcionamento da estrutura é automatizado.

Desde o acionamento e controle da iluminação, sonorização, espelho d’agua e dos toldos, que protegem a estrutura da chuva e dos ventos fortes. Tudo acionado de forma simples e bem rápida, por comando de voz ou à distância. Do lado de fora, as caixas de som em formato de pequenos cogumelos, estão completamente integradas à cena.

Já na Suíte “Os Brutos também amam”, da Maraú Design, chamam a atenção as caixas de som que também funcionam como arandelas, um lançamento da empresa. Complementa a cena, a TV ultrafina, que assume uma função decorativa no ambiente, como se fosse um quadro, ganhando inclusive uma moldura. Assim, ela fica mimetizada no ambiente.

Na Paninoteca, que tem projeto da Duo Arquitetos, a Tecai assina a sonorização de todo o café, instalado em uma área externa. Por conta disso, a escolha foi por caixas em formato de torres, garantindo mais potência na distribuição do som, além de um design super integrado à proposta do projeto.  

No Espaço (COM)VIVER, do Studio Arquitetônico, a proposta foi de apresentar o que há de mais inovador para os amantes de um bom home theater. Com uma laser TV de 120 polegadas e sistema de projeção Short Throw 4k e som da marca inglesa Bowers & Wilkins(B&W), uma das mais conceituadas no mundo, permitindo uma imersão no que há de mais representativo neste segmento.

Refúgio do Palácio, de Ana Lívia Werdine e Janaina Pacheco | Crédito: Henrique Queiroga

No Refúgio do Palácio, de Ana Lívia Werdine e Janaina Pacheco, além da automação de toda a  iluminação, o destaque fica por conta das caixas de som que ficam completamente invisíveis. Instaladas sob o gesso, o resultado é uma estética bem limpa para quem prefere manter esses equipamentos bem longe da vista, mas preservando suas funções.

Na Galeria Abreu, de Patricia Abreu, a Tecai é responsável pela sonorização e também pela projeção da obra da artista Ana Bela Geiger, exibida em looping, provocando o visitante. Um trabalho sensível e muito original que chama a atenção e enche os olhos do espectador.

Office Lafaete, assinado pela equipe da Ø Arquitetos, é um exemplo de como a automação pode ser uma forte aliada nos projetos corporativos. Basta um comando de voz para acender ou apagar as luzes, ligar, desligar e alterar o volume do sistema de som e até acionar as cortinas acústicas que garantem o isolamento acústico da pequena sala de reuniões.  Já na Sala de Estar, de Norah Fernandes e João Uchoa, a sonorização é feita por uma caixa ultramoderna, complementando o mix & match da cena, recheada de peças garimpadas por um colecionador.  

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!