COTAÇÃO DE 19/04/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,5500

VENDA: R$5,5510

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,5400

VENDA: R$5,7130

EURO

COMPRA: R$6,7043

VENDA: R$6,7067

OURO NY

U$1.771,25

OURO BM&F (g)

R$317,44 (g)

BOVESPA

317,44

POUPANÇA

0,1590%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Opinião

EDITORIAL | Corrigindo nosso rumo

COMPARTILHE

Crédito: Pixabay

A conquista do Brasil sonhado por cada um de nós não pode prescindir da democracia. Ela é nosso legado, nosso chão, nosso farol. Cabe a cada um de nós defendê-la e lutar por seus princípios e valores. Não há democracia sem Constituição. Não há liberdade sem justiça. Não há igualdade sem respeito. Não há prosperidade sem solidariedade. A democracia é o melhor dos sistemas políticos que a humanidade foi capaz de criar. Liberdade de expressão, respeito aos direitos individuais, justiça para todos, direito ao voto e ao protesto. Tudo isso só acontece em regimes democráticos.

O texto acima foi retirado do manifesto divulgado no final da semana passada, assinado por um grupo de potenciais candidatos à Presidência da República – de João Doria a Ciro Gomes – nas eleições do próximo ano, explicitando um primeiro gesto de convergência que tem sentido muito relevante nas circunstâncias que se apresentam. Mais que a defesa enfática de valores democráticos, o manifesto traduz um movimento de convergência que, aparentemente, busca criar uma alternativa à polarização que pode se repetir, o que muito provavelmente significaria também repetir erros do passado. Ou manter as condições para o impasse paralisante que tem custado tão caro ao País.

PUBLICIDADE

Fala-se em democracia e em liberdade, valores intrínsecos sobre os quais não cabe discutir, menos ainda questionar. Fala-se em direitos, que são também aqueles basilares. Faltou, tristemente, falar mais e com mais ênfase em deveres, responsabilidade e compromisso. Não mais com a leviandade da retórica fácil, produzida pela política de resultados, e sim como consequência do entendimento que estamos todos, na realidade, diante de deveres, de obrigações que por elementar representam também a sustentação possível dos direitos reclamados.

Bom, essencial, que surjam alternativas, calcadas na compreensão de que é possível fazer diferente, não a partir de um projeto de poder, mas sim da disposição de se construir um verdadeiro projeto para a recuperação do Brasil, para o aproveitamento racional de suas potencialidades em favor de um projeto coletivo que aspire prosperidade, mas, conscientemente, obrigatoriamente se compromete a partilhá-la.

Mesmo que não tenha sido percebido, aí reside o alcance mais amplo e mais necessário do movimento esboçado, que vale muito mais pela atitude que propriamente pela diversidade de seus signatários ou por qualquer expressão individual se que possa insinuar. E é nesse ponto que reside a esperança e o alento, num dos momentos mais difíceis já enfrentados em nosso País.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!