Cotação de 03/08/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,1920

VENDA: R$5,1930

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,1930

VENDA: R$5,3470

EURO

COMPRA: R$6,2205

VENDA: R$6,2217

OURO NY

U$1.810,36

OURO BM&F (g)

R$305,16 (g)

BOVESPA

+0,87

POUPANÇA

0,2446%%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Opinião

EDITORIAL | O momento de inflexão

COMPARTILHE

Crédito: Marcelo Prates - AMM
Crédito: Marcelo Prates - AMM

A política mineira, que sempre teve protagonismo e foi referência no cenário nacional, perdeu seu espaço nos últimos anos, deixando de estar no centro de decisões, fato reconhecido assim como suas consequências negativas, especialmente no campo econômico. Um cenário que pode estar caminhando para mudanças relevantes a partir da eleição para a presidência do Senado Federal, nesta segunda-feira, em que o jovem senador mineiro Rodrigo Pacheco (DEM) desponta como um dos favoritos, não sendo poucos os que dão como certa sua vitória entre os quatro postulantes.

Embora nascido em Porto Velho, Rondônia, Rodrigo Pacheco vive em Minas desde criança, onde estudou e se formou em Direito, berço das atividades políticas que o levaram, antes de completar 40 anos, a um primeiro e único mandato na Câmara dos Deputados, onde, surpreendendo, rapidamente conquistou a presidência da importante Comissão de Constituição e Justiça. Numa trajetória inédita, já em 2018, antes portanto de completar seu mandato, foi eleito para o Senado Federal,  empossado no ano seguinte. Sua carreira singular e evidente projeção faz dele agora forte candidato à presidência da Casa, condição que traduz liderança e evidente reconhecimento à frente de uma coligação de partidos de variadas tendências, que ele próprio define como uma rede de alianças, da oposição à base do governo, capaz de contribuir para a pacificação da política no País, com diálogo e encontro que facilitem, finalmente, a construção de uma pauta comum, positiva, para o bem do Brasil e dos brasileiros.

PUBLICIDADE

No discurso do jovem senador transparecem atitudes e valores caros às boas tradições da política mineira, nos fazendo recordar palavras de um observador atento  e reconhecido – paulista – para quem no Brasil as soluções surgem quando brotam em Minas Gerais. Arguto observador, ele talvez nos aponte o que há de mais relevante na candidatura comentada, que pode traduzir uma esperança ainda pouco percebida e fundamental para o Brasil neste momento. Da mesma forma que, para Minas Gerais,  representa claramente chance de retomada de seu espaço de protagonismo, tão deteriorado nos últimos anos.

São razões mais que suficientes para definir a importância do momento, reconhecer as credenciais do senador Rodrigo Pacheco, manifestando esperança de que a votação de segunda-feira confirme sua vitória e seja, para todos nós brasileiros, um momento de inflexão.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!