COTAÇÃO DE 21/01/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,3631

VENDA: R$5,3641

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,3830

VENDA: R$5,5200

EURO

COMPRA: R$6,4584

VENDA: R$6,4613

OURO NY

U$1.869,59

OURO BM&F (g)

R$ 318,51 (g)

BOVESPA

-1,10

POUPANÇA

0,1159%%

OFERECIMENTO

Mercantil do Brasil - ADS

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Opinião Opinião-destaque
Página Inicial » Opinião » Mineração digital: como funciona

Mineração digital: como funciona

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Crédito: Reprodução

Jerri Alves*

A mineração é uma atividade econômica muito importante para o Brasil, já que possui grande influência no PIB e na geração de empregos indiretos e diretos. Dados do Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram) detalham que, no Brasil, o setor corresponde a 16,8% do PIB Industrial do país – somente em 2017, foram US$ 28,3 bilhões em exportações e mais de 400 milhões de toneladas movimentadas nos portos brasileiros. Para manter este posto na economia do País, o investimento em tecnologia é essencial.

O sucesso da mineração depende do enfrentamento de desafios relacionados à segurança, eficiência, aumento de produtividade, redução de custos operacionais e da preservação do meio ambiente. A solução para cada uma das questões, passa pela digitalização aliada aos princípios da mineração 4.0. O investimento em tecnologia é capaz de aumentar significativamente a produtividade do nosso setor, que é um dos carros-chefes da economia brasileira. Esse novo modelo de mineração, com foco na digitalização, também é essencial para garantir a competitividade mundial.

No segmento de mineração, a automação é capaz de transformar os mais diversos processos organizacionais e industriais. Como pode ser visto no uso de máquinas sem operador, controladas por algoritmos ou inteligência artificial.

A digitalização da fase de mineração de terrenos por meio de escavadeiras é outra possibilidade, mas que enfrenta desafios. Afinal, é difícil automatizar todos os diversos processos envolvidos nessa fase.

Com relação aos processos de britagem e beneficiamento do minério, é possível que os operadores mandem informações diretamente para a nuvem, o que aumenta a eficiência do beneficiamento e prevê com antecedência as manutenções dos equipamentos envolvidos.

Para a fase de manuseio e escoamento, técnicas de Business intelligence possibilitam saber onde cada material foi estocado e quais são as características de cada um, e criar uma rastreabilidade durante todo o trajeto até o porto, onde os operadores não mais precisarão operar máquinas. Basta monitorar e comandar os sistemas.

As inovações tecnológicas proporcionam benefícios para todas as etapas da mineração, que vão desde a simplificação dos processos de trabalho, até o aumento da eficiência e da segurança.

*Superintendente do Grupo MBL jerri.alves@grupombl.com.br

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

VEJA TAMBÉM

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!