COTAÇÃO DE 20/10/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,5600

VENDA: R$5,5610

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,5630

VENDA: R$5,7070

EURO

COMPRA: R$6,4683

VENDA: R$6,4712

OURO NY

U$1.782,01

OURO BM&F (g)

R$318,60 (g)

BOVESPA

+0,10

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Política

CURTAS POLÍTICA | 04/12

COMPARTILHE

Crédito: Freepik

Vacina contra a Covid-19

O Senado aprovou ontem a Medida Provisória (MP) 994/20, que autoriza o uso de R$ 1,995 bilhão para compra de tecnologia e a produção de uma vacina contra a Covid-19. Os recursos serão destinados para custear contrato entre a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), vinculada ao Ministério da Saúde, e o laboratório AstraZeneca. A empresa desenvolve um imunizante em parceria com a Universidade de Oxford, no Reino Unido. Segundo a MP, a transferência de tecnologia na formulação, envase e controle de qualidade da vacina será realizada por meio de um acordo da empresa britânica com a Fiocruz, vinculada ao Ministério da Saúde. Com isso, caso a eficácia do imunobiológico seja comprovada, o Brasil deverá produzir 100 milhões de doses. A MP vai à promulgação. (As informações são da Agência Brasil)

CPI dos Detratores

Deputados da oposição protestaram ontem, no Plenário da Câmara, contra notícias de que o governo está monitorando as atividades de deputados, jornalistas, economistas e influenciadores em mídias sociais. A liderança do governo não se pronunciou. As deputadas Érika Kokay (PT-DF) e Jandira Feghali (PCdoB-RJ) anunciaram que estão colhendo assinaturas para formar a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Detratores, nome como são identificados os influenciadores que se posicionam contra o governo em seus perfis públicos em mídias sociais. (As informações são da Agência Câmara)

Desoneração de energia renovável

PUBLICIDADE

O Projeto de Lei 4.054/17, que visa conceder isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para o setor de energia limpa, recebeu parecer favorável na quarta-feira (2), emitido pela Comissão de Desenvolvimento Econômico da ALMG. De acordo com o PL, de autoria do deputado Gil Pereira (PSD), a redução para até 0% do ICMS é relativa à energia fornecida pela distribuidora à unidade consumidora do sistema de compensação de energia elétrica. Esse benefício terá que ocorrer em quantidade correspondente à energia proveniente de cogeração qualificada ou de uso de fontes renováveis e injetada, anteriormente na rede pela mesma unidade ou por unidade de mesma titularidade. Também pode ser concedida para equipamentos, peças, partes e componentes utilizados para microgeração em minigeração distribuída de energia elétrica por meio de cogeração qualificada ou de uso de fontes renováveis de energia.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!