COTAÇÃO DE 14/05/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,2710

VENDA: R$5,2710

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,2700

VENDA: R$5,4330

EURO

COMPRA: R$6,3961

VENDA: R$6,3990

OURO NY

U$1.843,90

OURO BM&F (g)

R$311,62 (g)

BOVESPA

+0,97

POUPANÇA

0,2019%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Turismo

Índices provisórios do critério ICMS Turismo são publicados

COMPARTILHE

O governo de Minas Gerais publicou os índices provisórios do critério ICMS Turismo (confira nas páginas 8, 9 e 10 do “Diário Oficial do Estado” de 12/11/2020). Os recursos serão repassados aos municípios habilitados ao longo do ano de 2021. O envio da documentação pelos municípios ocorreu até o dia 2 de março de 2020.

Em virtude da pandemia e das medidas de isolamento, excepcionalmente neste ano a Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult) realizou duas rodadas de notificação. Com essa medida, a Secult buscou dar oportunidade de correção dos apontamentos da Comissão do ICMS Turismo, garantindo, assim, a habilitação de mais municípios. Durante o processo, os municípios receberam orientações de como entrar em contato com a Comissão do ICMS Turismo no caso de dúvidas.

PUBLICIDADE

Os gestores cadastrados podem acessar o sistema do ICMS Turismo pelo link para verificar apontamentos e decisões da Comissão. Municípios que quiserem recorrer poderão apresentar recurso, no próprio sistema, até o dia 27/11.

ICMS Turismo – A Lei Estadual nº 18.030/2009, visando a organização e o desenvolvimento turístico dos municípios mineiros, redistribuiu as cotas de repasse financeiro do ICMS e do IPI, contemplando o setor do turismo. Assim, a criação de um critério de repasse financeiro, denominado ICMS Turismo, fortaleceu a política pública para o desenvolvimento da gestão turística nos municípios mineiros.

O ICMS Turismo atua como motivador e catalisador de ações, visando estimular a formatação e implantação, por parte dos municípios, de programas e projetos voltados para o desenvolvimento turístico local e regional, em especial os que se relacionam com as políticas para o turismo dos governos estadual e federal.

Para ter direito ao repasse, o município deverá, anualmente, se enquadrar nos seguintes critérios obrigatórios:

  • Participar de uma Instância de Governança Regional (IGR) certificada pela Secult, nos termos do Programa de Regionalização do Turismo no Estado de Minas Gerais;
  • Ter uma política municipal de turismo elaborada e em implementação;
  • Possuir Conselho Municipal de Turismo (Comtur), constituído e em regular funcionamento;
  • Possuir Fundo Municipal de Turismo (Fumtur), constituído e em regular funcionamento.
Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!