COTAÇÃO DE 02-12-2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6600

VENDA: R$5,6600

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6730

VENDA: R$5,8130

EURO

COMPRA: R$6,3753

VENDA: R$6,3783

OURO NY

U$1.768,55

OURO BM&F (g)

R$319,92 (g)

BOVESPA

0,4902

POUPANÇA

+3,66%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Agronegócio
Cinco melhores queijos avaliados serão premiados em Uberlândia - Crédito: Divulgação/EMATER-MG

O 12º Concurso Estadual de Queijo Minas Artesanal será um dos destaques do Festival Minas a Queijo e Viola, entre 4 e 6 de outubro, em Uberlândia, no Triângulo Mineiro. Para este ano, a organização do concurso optou por algumas mudanças. Serão premiados os cinco melhores queijos pelo corpo de jurados e o melhor queijo escolhido por um júri popular. A disputa acontece amanhã, no Parque de Exposições Camaru.

Quarenta queijos participarão do 12º Concurso Estadual de Queijo Minas Artesanal. A avaliação das iguarias segue critérios como, apresentação, cor, textura, consistência, paladar e olfato. A comissão julgadora é formada 11 profissionais ligados à área. Na primeira etapa, serão classificados os 10 melhores. Na segunda etapa, acontece escolha dos vencedores.

PUBLICIDADE

A seleção dos queijos que participam do concurso estadual aconteceu em disputas municipais e regionais. “Cada região caracterizada como produtora de Queijo Minas Artesanal classifica os cinco primeiros para o estadual. Além deles, convidamos outros cinco produtores que são regularizados e não estão inseridos nas regiões caracterizadas”, diz coordenador Técnico estadual da Emater-MG, Milton Nunes.

Júri popular – Os dez queijos classificados para a segunda fase do concurso também serão julgados por um júri popular. O público, sem ter conhecimento do resultado do júri técnico, poderá escolher o seu queijo preferido, que também será premiado.

“Isso dá oportunidade ao público presente de opinar e, ao mesmo tempo, conhecer o processo de julgamento, aprimorar seu paladar, adquirir critérios que poderão ser utilizados em seu dia a dia como consumidores”, afirma o coordenador da Emater-MG.

A iniciativa do 12º Concurso Estadual de Queijo Minas Artesanal é da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater-MG) com a parceria da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Instituto Mineiro Agropecuária (IMA), Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), prefeitura e do Sindicato Rural Uberlândia.

Já o festival Minas a Queijo e Viola é promovido pelo Sindicato Rural de Uberlândia e parceiros, com o objetivo de valorizar duas riquezas de estado; o queijo e a viola caipira. Além do Concurso do Queijo Minas Artesanal, o evento será marcado por uma extensão programação musical e culinária. A entrada é gratuita.

Artesanal – O governo estadual, por intermédio da Seapa, Emater-MG e o IMA desenvolve o programa do Queijo Minas Artesanal. O estado trabalha com número estimado de 30 mil produtores de queijos artesanais, sendo que, desse total, 9 mil são produtores de Queijo Minas Artesanal e estão nas sete regiões tradicionais, caracterizadas e reconhecidas. A produção aproximada dessas regiões é de 50 mil toneladas por ano.

Em 2018, foi desenvolvido um plano de ação para simplificar a metodologia para a regularização dos produtores de Queijo Minas Artesanal. A iniciativa foi uma parceria entre a Seapa, Emater-MG, Epamig e o IMA. (Agência Minas)

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!