COTAÇÃO DE 13/05/2022

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,0570

VENDA: R$5,0580

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,1500

VENDA: R$5,2590

EURO

COMPRA: R$5,3163

VENDA: R$5,3179

OURO NY

U$1.810,48@

OURO BM&F (g)

R$303,69 (g)

BOVESPA

+1,17

POUPANÇA

0,6672%

OFERECIMENTO

Agronegócio

Guerra afeta embarques brasileiros de café solúvel em 2022

COMPARTILHE

Vendas de café solúvel do País registraram baixa de 4,7% | Crédito: Alisson J. Silva/Arquivo DC

São Paulo – As exportações de café solúvel do Brasil recuaram 4,7% no primeiro quadrimestre de 2022, para o equivalente a 1,22 milhão de sacas de 60 kg, com impacto de embarques menores para a Rússia e Ucrânia em função da guerra, informou na sexta-feira (13) a associação que representa o setor.

O desempenho negativo ocorre fundamentalmente pelo recuo nas compras de Rússia e Ucrânia, cujas importações do café solúvel brasileiro, juntas, caíram 66.572 sacas de janeiro ao fim de abril, afirmou a Associação Brasileira da Indústria de Café Solúvel (Abics).

PUBLICIDADE




A situação pode piorar, uma vez que o Brasil não registrou nenhuma exportação em abril para a Rússia, país que figurou no ano passado como segundo principal destino do café solúvel brasileiro, atrás apenas dos Estados Unidos.

A Abics estima recuo de 500 mil sacas equivalentes nos embarques este ano, ou cerca de US$ 100 milhões a menos, caso a guerra continue.

“Considerando que nossas exportações totais recuaram 60.851 sacas no quadrimestre, essa baixa na performance até o momento se justifica pela quantidade que deixamos de exportar a essas nações do Leste europeu desde o início do conflito”, disse o diretor de Relações Institucionais da Abics, Aguinaldo Lima, em nota.

As exportações de solúvel do Brasil giram em torno de 10% dos embarques totais de café do País, que somaram mais de 40 milhões de sacas em 2021, sendo a maior parte de grãos verdes.

PUBLICIDADE




A guerra também vem tendo impactos nos embarques do produto in natura do Brasil.

À medida que a guerra se alastra, disse Lima, os impactos deverão ser significativos, uma vez que Rússia e Ucrânia são, tradicionalmente, grandes clientes do café solúvel brasileiro.

As duas nações são responsáveis por praticamente 13% do volume remetido pelo Brasil ao exterior, tendo importado, no ano passado, o equivalente a 534 mil sacas de solúvel, comentou o executivo.

A Ucrânia foi o sétimo destino das exportações brasileiras no ano passado.

Lima comentou que o colapso em que se encontra a Ucrânia e as consequências das restrições e sanções impostas à Rússia praticamente já paralisaram as importações desses países, afetando diretamente o produto nacional.

“Os russos não adquiriram nada do solúvel do Brasil em abril deste ano e os ucranianos apenas 519 sacas. No mesmo mês de 2021, por exemplo, eles haviam importado 30.759 sacas e 7.667 sacas, respectivamente”, ressaltou.

Diante de todos os impactos e consequências da guerra, o diretor da Abics revela que o setor de café solúvel do Brasil está “apreensivo e preocupado”, já que ainda continuam os gargalos logísticos, como escassez de contêineres e navios, e os altos custos da matéria-prima para exportar a todo o mundo.

No primeiro quadrimestre de 2022, o Brasil exportou seus cafés solúveis a 99 países, com os Estados Unidos sendo o principal cliente. Os norte-americanos importaram 234.717 sacas até abril, o que representa 19,2% do total. A Rússia, mesmo com recuo de 29,5% nas compras, ainda se mantém no segundo lugar, adquirindo 83.806 sacas, ou 6,9% do geral.

No mercado interno, o consumo de café solúvel no Brasil avançou 1,2% de janeiro ao final de abril. Os brasileiros consumiram o equivalente a 284.239 sacas no período.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!