COTAÇÃO DE 25/01/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,5074

VENDA: R$5,5089

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,5074

VENDA: R$5,5089

EURO

COMPRA: R$6,6799

VENDA: R$6,6828

OURO NY

U$1.856,15

OURO BM&F (g)

R$327,82 (g)

BOVESPA

-0,80

POUPANÇA

0,1159%%

OFERECIMENTO

Mercantil do Brasil - ADS

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Agronegócio

VBP de Minas deve avançar dois dígitos em 2020

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Bovinos, ao lado de outros produtos como café, soja e ovos, devem integrar os destaques da produção do agronegócio | Crédito: Calil Neto

O Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) de Minas Gerais, para 2020, foi estimado em R$ 73 bilhões, alta de 15,5% em relação a 2019, quando o valor chegou a R$ 63,2 bilhões.

Com base nos dados de abril, o faturamento bruto das atividades dentro da porteira será estimulado pelo setor agrícola, que tem previsão de crescimento no VBP de 16,6%.

A estimativa para a pecuária também é positiva, com alta esperada de 13,5% no faturamento bruto. Dentre os produtos, destaque para o café, soja, bovinos e ovos.

De acordo com o levantamento feito pela Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), com base nos dados de abril, o valor bruto das lavouras deve alcançar R$ 46,34 bilhões, aumento de 16,6% frente aos R$ 39,8 bilhões registrados em 2019.

O principal destaque será o café. A estimativa é de que o VBP do grão alcance R$ 16,78 bilhões, variação positiva de 50% frente aos R$ 11,18 bilhões registrados no ano anterior. Dentre os fatores que vêm contribuindo para a expansão dos resultados estão a valorização dos preços no mercado e a safra maior, que já começou a ser colhida.

Conforme dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a primeira estimativa para a safra 2020 de café em Minas Gerais aponta para uma produção variando entre 30,7 milhões de sacas e 32 milhões de sacas de 60 quilos de café, incremento entre 25,1% e 30,7%, respectivamente, em relação à temporada anterior.

Para a soja, as expectativas também são positivas. O faturamento da cultura foi estimado em R$ 8 bilhões, crescimento de 19,1% frente a 2019. Assim como observado no café, é esperado aumento na colheita da soja. De acordo com a Conab, em Minas Gerais, a produção de soja deve totalizar 5,88 milhões de toneladas, o que é um volume recorde para o Estado e representa um avanço de 16% sobre as 5,07 milhões de toneladas colhidas em 2018/19.

Outro produto que está colaborando de forma favorável para o aumento do VBP das lavouras mineiras é o milho. A previsão é de um VBP de R$ 6 bilhões em 2020, avanço de 28,7% sobre os R$ 4,68 bilhões de 2019. A produção maior também vai estimular os resultados. Segundo a Conab, a produção estadual do cereal será de 7,8 milhões de toneladas, 3,6% maior que a anterior.

Em 2020, algumas lavouras importantes em Minas estão com estimativa negativa no VBP. Uma delas é a cana-de-açúcar. A tendência é de uma queda de 7,6% no faturamento bruto, que poderá recuar para R$ 6,5 bilhões ante os R$ 7 bilhões faturados em 2019.

Na produção da batata-inglesa, a retração pode chegar a 37,2%, com VBP estimado em R$ 1,7 bilhão em 2020, frente aos R$ 2,8 bilhões verificados em 2019. Na cultura do feijão, a queda estimada é de 4,2%, com faturamento previsto em R$ 1,9 bilhão. Retração também é esperada na produção de algodão herbáceo, de 6,4%, com VBP estimado em R$ 1 bilhão para 2020.

Pecuária – Para este ano, as expectativas são favoráveis em relação ao faturamento bruto da pecuária mineira. De acordo com os dados da Seapa, a previsão é de que a receita cresça 13,6% em 2020, alcançando o valor de R$ 26,6 bilhões, ante os R$ 23,4 bilhões registrados no ano anterior.

O destaque é a produção de bovinos. A perspectiva é de um avanço de 16,4% no VBP, que foi estimado em R$ 8,99 bilhões. No ano passado, o VBP dos bovinos encerrou o período em R$ 7,72 bilhões.

Resultado positivo também é esperado na produção de ovos. O aumento estimado é de 11,6%, podendo gerar um faturamento bruto de R$ 1,27 bilhão.

O VBP da produção de leite foi calculado em R$ 9,13 bilhões, o que representa uma retração de 4,3% nos ganhos da atividade. No ano passado, o valor alcançado foi de R$ 9,54 bilhões.

Queda também é esperada na produção de frango. A estimativa é que o VBP recue 4,9% e encerre 2020 em R$ 4,77 bilhões, ante os R$ 5 bilhões registrados em 2019.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

VEJA TAMBÉM

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!

FIQUE POR DENTRO DE TUDO !

Não saia antes de se cadastrar e receber nosso conteúdo por e-mail diariamente