CRÉDITO: DIVULGAÇÃO

O vinho Syrah, marca própria da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), conquistou a medalha de ouro no Brazil Wine Challenge 2020. A 10ª edição do concurso, realizada na última semana em Bento Gonçalves (RS), conta com as chancelas da Organização Internacional do Vinho e da Vinha (OIV) e da União Internacional de Enólogos (UIOE). A disputa envolveu um total de  774 amostras, enviadas por vinícolas de 16 países.

Uma comissão composta por 57 degustadores vindos de diferentes regiões dos países Brasil, Bolívia, Chile, França e Itália fez as avaliações em provas às cegas, de acordo com as normas internacionais.

Além do Syrah Epamig, vinhos das vinícolas Bramasoli, Casa Geraldo e Casa Verrone, que empregam a metodologia da dupla poda, também receberam medalha de ouro.
A participação inédita da Epamig em concursos de qualidade se deu a partir da produção do vinhedo institucional, implantado em 2010 no Campo Experimental de São Sebastião do Paraíso, no Sul de Minas. A altitude de 900 metros permite a condução do parreiral sob o manejo de dupla poda.

Descrição – “A ideia da inscrição surgiu em decorrência do potencial verificado nesse vinho, que apresenta uma coloração muito boa, vermelho rubi com boa profundidade, límpido e brilhante. É aromático, frutado, mas também com notas de especiarias e leve couro. Na boca, é um vinho macio, com boa estrutura, taninos maduros, acidez agradável, bom corpo e potencial para envelhecimento”, avalia a enóloga Isabela Peregrino, responsável técnica pelo produto.

O vinho premiado é da safra de 2018, com colheita das uvas e elaboração no segundo semestre daquele ano. O produto foi engarrafado no segundo semestre de 2019 e já vem sendo comercializado nos Empórios Epamig em Belo Horizonte e Juiz Fora e no Campo Experimental de Caldas, no Sul do Estado. (Com Agência Minas)