COTAÇÃO DE 29/11/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6090

VENDA: R$5,6100

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6470

VENDA: R$5,7730

EURO

COMPRA: R$6,3216

VENDA: R$6,3229

OURO NY

U$1.783,43

OURO BM&F (g)

R$322,48 (g)

BOVESPA

+0,58

POUPANÇA

0,4412%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia zCapa

Aeroporto Internacional de BH prevê alta de 20% na movimentação

COMPARTILHE

Número representa uma retomada de cerca de 60% das operações que ocorriam em fevereiro deste ano no aeroporto | Crédito: BH AIRPORT

Passado o pior da crise sanitária causada pela pandemia de Covid-19 em todo o País e com a retomada das atividades em quase todas as áreas, inclusive no turismo, o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, localizado em Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), prevê crescimento na movimentação de passageiros e aeronaves no decorrer de novembro.

A expectativa é de que aproximadamente 500 mil pessoas passem pelo terminal durante o penúltimo mês do ano, aumento de 20% em relação a outubro, quando cerca de 410 mil passageiros estiveram por lá. Já o número de voos deverá chegar a 4,3 mil, alta de 25% na comparação com o mês anterior, quando foram registradas cerca de 3,4 mil rotas no terminal.

PUBLICIDADE

Segundo a concessionária que administra o principal aeroporto do Estado, BH Airport, este volume representa uma retomada de cerca de 60% das operações que ocorriam em fevereiro deste ano, antes dos efeitos do novo coronavírus.

“Estamos em um momento de boas expectativas em relação à retomada de voos. Tivemos uma boa notícia da Copa Airlines e, este mês, passaremos a ter de volta 100% das empresas estrangeiras que operavam no aeroporto antes da pandemia. Nosso intuito é seguir ampliando a conectividade de Minas Gerais com os demais estados brasileiros, principalmente para atender à demanda dos passageiros que desejam viajar a lazer e durante a alta temporada do final de ano”, disse o gestor de Conectividade e Aviação da BH Airport, Clayton Begido.

Novas rotas – Ainda conforme a concessionária, neste mês, cinco mercados nacionais serão adicionados aos 26 destinos atendidos atualmente pelo aeroporto: Ribeirão Preto (SP), Teixeira de Freitas (BA), Maceió (AL), Natal (RN) e Jericoacoara (CE).

Outra novidade é a previsão de retorno de mais um voo internacional para o aeroporto, o da Copa Airlines para o Panamá. Inicialmente, os voos sairão de Belo Horizonte três vezes por semana. A estimativa é de que o primeiro voo ocorra na madrugada do dia 23 de novembro. Antes disso, em agosto, foram retomados os voos da TAP Air Portugal para Lisboa.

Com a adição desses seis destinos, o aeroporto passará a contar com um total de 32 mercados atendidos, sendo dois internacionais.

Vale destacar que antes da pandemia, cerca de 30 mil pessoas circulavam diariamente pelo Aeroporto Internacional de Belo Horizonte e em torno de 300 voos eram operados por dia entre pousos e decolagens. Eram oferecidos voos para 45 destinos, sendo cinco internacionais (Orlando, Fort Lauderdale, Buenos Aires, Panamá e Portugal).

Cargas – A movimentação de cargas no aeroporto também foi altamente impactada pela pandemia de Covid-19 e caiu 44,9% nos primeiros nove meses deste ano na comparação com a mesma época do exercício passado.

O volume transportado pelo terminal chegou a 16,512 milhões de quilos, enquanto na mesma época de 2019 as cargas somaram 29,976 milhões. Apenas em setembro foram 1,656 milhão de quilos contra 2,810 milhões de quilos no mesmo mês do ano passado.

 

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!