COTAÇÃO DE 25/01/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,5074

VENDA: R$5,5089

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,5074

VENDA: R$5,5089

EURO

COMPRA: R$6,6799

VENDA: R$6,6828

OURO NY

U$1.856,15

OURO BM&F (g)

R$327,82 (g)

BOVESPA

-0,80

POUPANÇA

0,1159%%

OFERECIMENTO

Mercantil do Brasil - ADS

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Atividade tem crescimento de 1,1% em outubro em MG

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Crédito: Ivan Bueno/ APPA Foto: IvanBueno

ANA CAROLINA DIAS

A produção industrial de Minas Gerais avançou 1,1% em outubro, na comparação com o mês imediatamente anterior, de acordo com dados divulgados na sexta-feira (7) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).


Na comparação com outubro do ano passado, o setor também registrou expansão no Estado, de 1,8%. Entre as atividades divulgadas, houve avanço, na base comparativa com o mesmo mês de 2017, na fabricação de máquinas e equipamentos (36,9%), fabricação de coque e produtos derivados do petróleo (34,5%), Metalurgia (8,9%) e fabricação de celulose, papel e produtos de papel (8,9%).


Por outro lado, a pesquisa Indicadores Industriais (Index) realizada pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) apontou baixo dinamismo da indústria mineira, o que frustrou expectativas de uma recuperação mais robusta para este ano.


Em outubro, o levantamento indicou a segunda queda consecutiva no faturamento real da Indústria Geral, que caiu 2,9% em relação a setembro de 2018. O resultado foi puxado principalmente pelo recuo de -4,7% na Indústria de Transformação na mesma base comparativa, que exerceu o maior peso no cálculo do resultado geral. Já na Indústria Extrativa, houve avanço de 12,9% no índice, também em comparação com o mês imediatamente anterior.


No acumulado do ano até outubro, apenas o faturamento real da Indústria Geral segue exibindo crescimento (4,4%), registrando o índice mais elevado para o período desde 2010. Em relação a outubro de 2017, o índice geral cresceu 2% e, na análise dos últimos 12 meses, o aumento foi de 4,6%.

Emprego e horas trabalhadas – As horas trabalhadas na produção da Indústria Geral mantiveram-se praticamente inalteradas e o emprego seguiu mostrando variação muito pequena, transparecendo a lenta recuperação do mercado de trabalho no setor industrial de Minas Gerais.


O recuo do emprego em outubro foi de 0,1% frente a setembro, repetindo o comportamento observado na maior parte do ano. No acumulado do ano, a queda do emprego na Indústria Geral foi de 0,2%.


As horas trabalhadas da Indústria Geral mostraram pequeno avanço (0,1%) em outubro, na comparação com o mês anterior. Já em relação a outubro de 2017, o índice geral recuou 1,5%, e no acumulado do ano e na análise dos últimos 12 meses, o índice geral caiu 1,8% e 1,9%, respectivamente.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

VEJA TAMBÉM

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!

FIQUE POR DENTRO DE TUDO !

Não saia antes de se cadastrar e receber nosso conteúdo por e-mail diariamente