COTAÇÃO DE 26/10/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6270

VENDA: R$5,6270

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6730

VENDA: R$5,8030

EURO

COMPRA: R$6,6420

VENDA: R$6,6450

OURO NY

U$1.792,47

OURO BM&F (g)

R$327,87 (g)

BOVESPA

-1,34

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia exclusivo zCapa

CNH Industrial retoma as operações em Minas Gerais

COMPARTILHE

Metalúrgicos ainda não sabem se haverá redução de jornada na planta da Iveco em Sete Lagoas | Crédito: Divlgação

Após ficarem paradas por quatro semanas devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), as fábricas da CNH Industrial na América do Sul, que inclui duas unidades em Minas Gerais (Contagem e Sete Lagoas), estão retornando gradualmente às suas atividades.

O processo de retomada teve início na última semana e envolve, segundo a empresa, todos os cuidados para ajudar a evitar a propagação da doença entre os colaboradores.

PUBLICIDADE

“Todas as medidas protocolares aplicadas hoje no mundo para garantir a segurança e saúde dos funcionários. Exemplo: sanitização das fábricas, uso de máscaras onde os protocolos pedem e distâncias mínimas entre as pessoas, entre outros. Além de disponibilizar mais álcool gel pela fábrica, fazer redução da população em refeitórios e outros pontos de fluxo, como vestiários”, afirma a marca.

A companhia não realizou demissões, mas, segundo a organização, adotou algumas ações no momento de crise, começando pelas férias coletivas. “Depois, fizemos acordos com os sindicatos e estamos usando o recurso de layoff para outras posições”, diz a empresa.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Sete Lagoas, Ernani Dias, ainda não se sabe se haverá redução de jornada dos trabalhadores e consequentemente redução dos salários na planta da Iveco.

“Acredito que tudo vai depender do rumo que a economia vai tomar. O próprio mercado vai ditar, de acordo com o que der para produzir”, afirma ele, que pontua, ainda, que as pessoas consideradas do grupo de risco para o Covid-19 não retornarão ao trabalho neste momento.

A CNH Industrial diz que voltou com os funcionários necessários para a retomada da produção das linhas com demanda de mercado, mas não revela quantos e quais linhas são essas por questões estratégicas.

Áreas essenciais – No entanto, em nota, a companhia destacou que “As unidades da região produzem máquinas agrícolas da Case IH e da New Holland Agriculture, equipamentos de construção da Case e da New Holland Construction, veículos comerciais da Iveco e motores da FPT Industrial”.

Esses produtos, segundo a própria empresa, são considerados fundamentais para as cadeias de suprimentos de alimentos e de logística de áreas essenciais para a população, como a indústria farmacêutica.

“A CNH Industrial reforça que está preparada, através dos concessionários das várias marcas e dos seus centros de distribuição de peças e serviços, para seguir atendendo às demandas dos clientes nas áreas agrícolas, de transporte e construção, garantindo assim a continuidade das atividades desses setores essenciais à sociedade”, afirma a empresa em material enviado para a imprensa.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!