COTAÇÃO DE 26/10/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6270

VENDA: R$5,6270

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6730

VENDA: R$5,8030

EURO

COMPRA: R$6,6420

VENDA: R$6,6450

OURO NY

U$1.792,47

OURO BM&F (g)

R$327,87 (g)

BOVESPA

-1,34

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia Economia-destaque exclusivo

Faturamento da Sices Solar mais que dobra em 2019

COMPARTILHE

Minas Gerais é o principal mercado da Sices Solar, empresa com mais da metade do market share de geração distribuída do País e maior provedora de soluções em energia solar fotovoltaica da América Latina, com atuação internacional também no México, Europa e China.

Foi em terras mineiras que a empresa iniciou sua expansão nacional há alguns anos e, hoje, o Estado representa 25% do faturamento da companhia.

PUBLICIDADE

Faturamento este que chegou a R$ 1,5 bilhão em 2019, o que significa que a empresa mais que dobrou seu resultado em relação a 2018, quando o desempenho foi de R$ 666 milhões. De acordo com o fundador e CEO da Sices, Leonardo Curioni, as expectativas para 2020 são de novamente dobrar os números do ano anterior.

Desde janeiro de 2017, o crescimento médio da Sices é de 12% ao mês, fazendo da companhia a maior da América Latina neste setor. Além disso, a empresa acaba de superar a marca de 1 gigawatt (GW) em potência fornecida no Brasil, o que representa quase a capacidade instalada da Usina Hidrelétrica de Furnas.

Mas os planos da elétrica para Minas vão além. Segundo Curioni, os objetivos deste exercício incluem a expansão comercial para o Norte do Estado. Conforme ele, a ideia é que um profissional seja direcionado para atender as demandas da região, tamanho potencial local.

“Desde o começo, identificamos que uma das maiores capacidades em potencial solar estava em Minas Gerais. Até hoje o Estado tem grande representatividade não apenas no nosso faturamento, mas em vendas e potência instalada”, disse sem revelar números.
Por isso, de acordo com o executivo, com o aumento do volume de projetos nas proximidades de Montes Claros e no Norte de Minas, a empresa pretende voltar suas atenções ainda mais para a região.

Internacionalização – Em 2019, a Sices deu início ao processo de internacionalização, abrindo operações no México, na China e na Itália, de onde começará a expansão no mercado europeu. A operação de Hong Kong atenderá à demanda de vários países do sudeste asiático, como Tailândia, Laos, Camboja, Vietnã, além da Indonésia e Malásia, mercados em franca expansão na geração de energia solar.

Fundada em 2013, a empresa já forneceu no País o equivalente a mais de 1 GW em potência. Apenas em 2019, a companhia bateu a marca de 768 MW, representando um aumento de 173%, quando comparado ao acumulado no ano anterior, que foi de 281 MW.
Hoje, a Sices Solar detém mais de 50% do market share brasileiro de geração distribuída, mas a companhia oferece outras soluções para o segmento elétrico.

A empresa cobre todo o território nacional em qualquer tipo de demanda, seja no atendimento aos grandes projetos com investimentos a partir de R$ 3 milhões, seja por meio de seus mais de 12 mil clientes integradores independentes que atendem ao mercado residencial e comercial em todo o País.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!