Cotação de 03/08/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,1920

VENDA: R$5,1930

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,1930

VENDA: R$5,3470

EURO

COMPRA: R$6,2205

VENDA: R$6,2217

OURO NY

U$1.810,36

OURO BM&F (g)

R$305,16 (g)

BOVESPA

+0,87

POUPANÇA

0,2446%%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia

Fiat pode dar férias a mil funcionários

COMPARTILHE

O desabastecimento de componentes eletrônicos importados pode levar a Fiat a conceder férias coletivas em Betim | Crédito: Leo Lara 2020

A Fiat, com planta em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), estuda dar férias coletivas a um grupo entre 800 e 1.000 funcionários. A montadora comunicou ao Sindicato dos Metalúrgicos de Betim e Região a intenção de interromper atividades em um turno de uma das três linhas de produção, mas não informou a partir de quando. O motivo para o comunicado são os constantes problemas no fornecimento de componentes eletrônicos importados.

A Fiat esclareceu que fez o comunicado ao sindicato, obedecendo à legislação trabalhista, que determina aviso prévio de 15 dias para férias coletivas, mas que isso não significa que a interrupção nas atividades realmente vai acontecer. Caso o fornecimento das peças seja normalizado, não será necessário fazer a paralisação.

PUBLICIDADE

O número de funcionários também não foi confirmado pela empresa. Mas, segundo o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Betim e Região, Alex Custódio, representantes da montadora informaram em reunião, na última quarta-feira, que serão entre 800 e 1.000 trabalhadores.

No início de março, a Fiat deu férias coletivas a um turno de trabalhadores, em uma de suas três linhas de produção. Seiscentos funcionários ficaram em casa por dez dias, também devido a problemas no fornecimento de insumos e componentes. A medida envolveu menos de 10% do efetivo da unidade.

“A Fiat deveria parar totalmente ou ao menos reduzir o número de funcionários trabalhando, não apenas em função de falta componentes, mas, principalmente, devido à pandemia. Há muitos casos na empresa, inclusive com morte”, disse Custódio. A montadora informou que adota protocolos rigorosos de proteção aos funcionários contra a Covid-19.

Semicondutores 

Os componentes eletrônicos que mais têm faltado para a montadora de Betim são semicondutores. A escassez se deve ao aumento da demanda em todo mundo, motivado pelo crescimento no consumo de computadores e games, além das demandas relativas à tecnologia 5G. Esses componentes são produzidos, principalmente, por países asiáticos.

O problema tem afetado quase todas as montadoras de veículos do País. Foi a falta dessas peças que também motivou, entre os dias 26 de março e 5 de abril, a paralisação das fábricas da Mercedes-Benz em São Bernardo do Campo (SP) e em Juiz de Fora, na Zona da Mata. A planta mineira da montadora interrompeu as atividades por dez dias, mandando 830 funcionários para a casa.

Os trabalhadores da Mercedes voltaram às atividades nesta semana, mas a montadora informou que segue fazendo interrupções alternadas de pequenos grupos, mas, nesse caso, para reduzir o número de funcionários nas unidades em função da pandemia. Em Juiz de Fora, segundo o sindicato dos metalúrgicos local, 60 pessoas permanecem de férias coletivas e outras 50 estão estão em teletrabalho. Todos são funcionários de áreas administrativas.

Já a montadora Iveco, em Sete Lagoas, na região Central do Estado, segue com a produção normal e informou que não há previsão de paradas. A montadora de veículos comerciais e de passageiros não comentou sobre possíveis faltas de peças.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!