COTAÇÃO DE 26/10/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,5720

VENDA: R$5,5730

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,5900

VENDA: R$5,7230

EURO

COMPRA: R$6,4654

VENDA: R$6,4683

OURO NY

U$1.793,01

OURO BM&F (g)

R$321,20 (g)

BOVESPA

-2,11

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia

Gerdau vai comprar gás natural no mercado livre

COMPARTILHE

O início do fornecimento de gás natural para a usina da Gerdau em Ouro Branco está previsto para 1º de janeiro de 2022 | Crédito: Divulgação

A Petrobras e a Gerdau assinaram contrato para o fornecimento de gás natural no ambiente livre de comercialização para atendimento à usina siderúrgica da companhia em Ouro Branco, na região Central de Minas.

O início do fornecimento do gás natural para a Gerdau está previsto para ocorrer no dia 1° de janeiro de 2022, após a celebração de contrato de serviço de distribuição entre a Gerdau e a companhia distribuidora local, em consonância com a evolução legal e regulatória do mercado de gás natural de Minas Gerais.

PUBLICIDADE

Em nota, a Petrobras informou que “esta celebração representa a primeira migração contratual de um cliente do mercado cativo para o mercado livre e é um marco no processo de abertura do mercado de gás natural”.

Este é o primeiro contrato vigente depois que a normativa entrou em vigor em 2014 em Minas Gerais. Ela trata da regulamentação da comercialização livre e as condições gerais de acesso à prestação de serviço de distribuição de gás canalizado ao consumidor livre, autoimportador e autoprodutor.

No ano passado, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede) homologou o resultado de uma consulta pública e revisou as regras do mercado livre de gás. O programa “Minas Livre para Crescer” tem como objetivo reduzir os custos e aumentar a concorrência para o mercado de gás natural no Estado.

O diretor de Refino e Gás Natural da Petrobras, Rodrigo Costa, explica que o acordo beneficia ambas as empresas. “O objetivo é ofertar ao consumidor novos produtos e soluções comerciais aderentes às necessidades dos clientes, garantindo confiabilidade, competitividade, flexibilidade e satisfação para ambas as empresas”, afirma.

O contrato acordado apresenta indexação de um mix que, de acordo com a Petrobras, faz parte da carteira de novos produtos lançados em 2021, que oferece aos clientes novas condições comerciais e de compras de gás, com vigências até 2025.

Perfil de atuação

A Petrobras informou ainda que o contrato confere à Gerdau segurança de suprimento e condições comerciais mais adequadas ao perfil de atuação. “Essa parceria com a Petrobras coroa a estratégia da Gerdau de buscar o desenvolvimento e suprimento do mercado de gás no Brasil. Dessa forma, entendemos que com o mercado desenvolvido, mais players seguirão na mesma direção e novas oportunidades surgirão”, disse o gerente-geral de Suprimentos da Gerdau, Vinicius Moura.

Em nota, a Petrobras e a Gerdau reforçam seus laços comerciais, além do compromisso e pioneirismo no desenvolvimento de soluções comerciais com o “objetivo de viabilização do ambiente de comercialização de gás natural aberto, competitivo, sustentável e cada vez mais desenvolvido no País”.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!