A Gol espera faturar R$ 140 milhões, só em 2020, com sua nova unidade de negócios, a Gol Aerotech, anunciada na sexta-feira (29). O local, abrigado pelo Centro de Manutenção de Aeronaves (CMA), em Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), é especializado em revisões de aeronaves e componentes, manutenções e reparos e vai atender às demandas existentes de outras empresas.

“A Gol Aerotech é um passo importante para a companhia, uma vez que evidencia o potencial e a qualidade dos serviços e, também, o nosso time, que está capacitado e amplamente treinado para atender aos clientes externos com sua excelência em manutenção de aeronaves”, destacou o vice-presidente de Operações da Gol, Celso Ferrer, em comunicado enviado para a imprensa.

A nova unidade de negócios da marca está habilitada para fazer serviços de manutenção para companhias e empresas aéreas que têm aeronaves da família Boeing 737 Next Generation, 737 Classic, 737 MAX e Boeing 767. Além disso, é devidamente certificada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Administração Federal de Aviação (FAA) e Agência Europeia para a Segurança da Aviação (Easa), de acordo com as informações da companhia.

A Gol Aerotech tem capacidade para atender uma média de 80 aeronaves anualmente e conta com 760 colaboradores, entre técnicos e engenheiros.

CMA – O CMA, sede da Aerotech, foi inaugurado no ano de 2006. Segundo informações da Gol, tem mais de 145 mil metros quadrados de extensão. A estrutura tem três hangares (dois para manutenção e o outro para pintura) e seis oficinas para inspeções e reparos. Na lista de clientes já estão Capital Group e Dubai Aerospace.

“Nosso centro de manutenção já é reconhecido como o mais avançado da América Latina, e com o lançamento da Gol Aerotech temos um novo diferencial competitivo.  Antes de oferecer e negociar os serviços para outras empresas, nos preparamos com as diversas manutenções realizadas nas próprias aeronaves da Gol, amadurecemos e aprimoramos vários processos e todos os quesitos necessários para que a Gol Aerotech atenda com excelência os seus clientes”, destacou Celso Ferrer, ainda em material enviado para a imprensa.

O CMA já realizou, segundo a Gol, mais de 81 mil reparos em rodas e 13 mil freios. Além disso, também fez 156 pinturas de aeronaves, reformou 12 mil assentos e poliu aproximadamente seis mil janelas manualmente.