COTAÇÃO DE 16 A 18/10/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,4540

VENDA: R$5,4540

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,4700

VENDA: R$5,6130

EURO

COMPRA: R$6,3181

VENDA: R$6,3210

OURO NY

U$1.767,23

OURO BM&F (g)

R$309,68 (g)

BOVESPA

+1,29

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia

Plano de investimentos do ABC neste ano será de R$ 90 milhões

COMPARTILHE

Estima-se que cerca de mil postos de trabalho diretos serão criados, somando-se aos atuais 5.800 funcionários das empresas do grupo - Divulgação

Tamanho é o otimismo do Grupo ABC, com sede em Divinópolis, na região Centro-Oeste do Estado, com o desenrolar da economia neste ano que os investimentos no atual exercício contemplarão não apenas a abertura de supermercados, mas também de novas drogarias e postos de combustíveis. Ao todo serão aportados R$ 90 milhões na implantação de nove lojas com a bandeira ABC em municípios do Centro-Oeste, Triângulo e Sul de Minas Gerais.

A primeira delas será inaugurada em fevereiro, em Uberaba. Já no segundo semestre, a rede chegará à Capital. Outras cidades que passarão a contar com unidades sob a bandeira ABC serão Uberlândia, Pouso Alegre e Itajubá. As informações são do diretor comercial do grupo, Thulio Fernandes Martins, ao revelar que os formatos irão variar entre supermercados, hipermercados compactos e atacarejos.

PUBLICIDADE

“Hoje temos 40 lojas e, de acordo com o plano de expansão, encerraremos 2019 com 49. Já as drogarias somam 22 e chegarão a 31, enquanto os postos são quatro e somarão 13 ao fim deste exercício”, contabiliza. As drogarias e os postos de combustíveis funcionarão junto com as lojas a serem inauguradas. Atualmente, somente um dos postos possui operação independente.

Com o investimento, cerca de mil postos de trabalho diretos serão criados, somando-se aos atuais 5.800 funcionários das empresas do grupo, que inclui, ainda, uma operadora de cartão de crédito.

O desempenho dos negócios também deverá ser impulsionado. Conforme Martins, a estimativa é de um aumento da ordem de 10% sobre o resultado de 2018, que chegou a R$ 2 bilhões. “Deveremos manter o ritmo de crescimento e chegar aos R$ 2,2 bilhões ao fim deste exercício”, prevê.

Novo ambiente – O otimismo, segundo o diretor, se deve às mudanças no ambiente político nacional e estadual. Na sua avaliação, tanto o presidente Jair Bolsonaro (PSL) quanto o governador Romeu Zema (Novo) têm se mostrado sensíveis aos anseios da população e indicam que adotarão as medidas necessárias para a retomada do desenvolvimento econômico.

“Os discursos nos animam bastante. Se eles cumprirem o que prometeram, já teremos outro cenário e conseguiremos impulsionar o consumo, os investimentos, gerar mais emprego e renda e retomar o círculo virtuoso do País”, avalia.

A Rede de Supermercados ABC conta com quase 20 mil itens entre mercearia, básicos, perecíveis, hortifrutigranjeiros, açougue, padaria, bazar, limpeza e perfumaria. As mercadorias são adquiridas de várias empresas fornecedoras de Minas, outros estados e países.

Para otimizar a distribuição, o grupo conta com quatro centrais de distribuição (CD): duas em Divinópolis, uma em Contagem (Região Metropolitana de Belo Horizonte) e uma em Pouso Alegre. A quarta deverá ser inaugurada em Uberlândia.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!