COTAÇÃO DE 26/10/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,5720

VENDA: R$5,5730

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,5900

VENDA: R$5,7230

EURO

COMPRA: R$6,4654

VENDA: R$6,4683

OURO NY

U$1.793,01

OURO BM&F (g)

R$321,20 (g)

BOVESPA

-2,11

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia

Hermes Pardini fecha 2020 com recordes

COMPARTILHE

Plataformas e interfaces digitais ajudaram a driblar o ano desafiador | Crédito: Roberto Staino

Os investimentos em tecnologia e a rápida resposta aos desafios impostos pela pandemia de Covid-19 permitiram com que o laboratório Hermes Pardini fechasse o quarto trimestre de 2020 e o acumulado do ano com recordes em receita bruta e no volume de exames realizados.

No entanto, houve queda no lucro líquido da rede nos dois períodos, motivada por uma atualização de dívida de aquisição. A queda, porém, segundo executivos, não impactou no caixa da empresa. Em geral, eles consideram o resultado do ano passado positivo e anunciam investimentos da ordem de R$ 140 milhões para 2021.

PUBLICIDADE

Em comunicado ao mercado, o laboratório informou lucro líquido de R$ 43,4 milhões nos três últimos meses de 2020, queda de 1,9% ante igual intervalo de 2019 (R$ 44,3 milhões) e de 28,1% em relação ao trimestre imediatamente anterior, quando o resultado foi de R$ 60,4 milhões. Considerando o resultado anual, o lucro líquido foi de R$ 126,6 milhões, recuo de 20,1% em relação ao exercício anterior.

“Esse resultado se deve à atualização da dívida quanto ao valor da obrigação de compra da controladora da Toxicologia Pardini”, explicou em entrevista por vídeo o vice-presidente da rede, Alessandro Ferreira.

Já em relação à receita bruta, o laboratório informou recorde no quarto trimestre, alcançando R$ 517,6 milhões, crescimento de 46,5% em relação ao mesmo período de 2019 (353,2 milhões) e de 7,83%, ante o trimestre anterior (R$ 480 milhões). No acumulado do ano de 2020, a receita bruta foi de R$ 1,6 bilhão, alta de 10,4% em relação a 2019 (1,45 bilhão).

Outro destaque foi o crescimento do lucro bruto no quarto trimestre. O resultado foi de R$ 140,1 milhões, alta de 53% frente igual intervalo de 2019 (R$ 91,6 milhões), e de 5,89% quando comparado ao trimestre anterior (R$ 132,3 milhões). O resultado anual aponta lucro bruto de R$ 405 milhões, uma leve queda de 0,7% em relação a 2019 (R$ 408 milhões).

Ouça as informações do vice-presidente da rede Hermes Pardini, Alessandro Ferreira

Volume de exames

O volume de exames realizados pelo laboratório também apresentou crescimento de 25,2% no período de outubro a dezembro de 2020 quando comparado ao mesmo período de 2019 (25,4 milhões). No trimestre, foram processados 31,8 milhões de testes, também houve alta considerando os três meses imediatamente anteriores (28,8 milhões). O consolidado do ano chegou a 101,9 milhões de exames, aumento de 2% ante 2019, (foi 99,9 milhões).

“Esses bons resultados econômicos são frutos da maneira eficiente e resiliente com a qual o grupo Pardini atuou ao longo de 2020, considerado por nós o ano de maior desafio. Desde o início da pandemia, colocamos em prática, de forma rápida, 30 projetos e iniciativas que geraram valor para a companhia, para o paciente e para o crescimento do negócio”, ressaltou Ferreira.

Dentre esses projetos, o vice-presidente da rede destaca as interfaces e plataformas digitais, onde foram criadas lojas virtuais para o paciente poder agendar e pagar seus exames. “No início da pandemia, com o isolamento, tivemos que criar formas de chegar até as pessoas e as interfaces digitais permitiram essa reaproximação com muito sucesso”, observou.

Outro projeto que também impactou positivamente os resultados, principalmente para o segmento lab-to-lab (atendimento a outros laboratórios) foi o Jet Lab, onde aeronaves foram contratadas para acelerar a entrega de exames. O projeto Guardian, que é a plataforma tecnológica de produção de exames de Covid proveu todo o País com testes RC-PCR com a mais alta tecnologia disponível”, destacou.

Investimentos

“Um legado que a pandemia nos deixou foi o de que investimentos em tecnologia, como o Pardini já vem fazendo ao longo dos últimos anos, é essencial. Esses avanços nos permitiram ter uma resposta rápida diante dos desafios impostos pela pandemia”, observou o diretor financeiro, Camilo Lelis. Segundo ele, cerca de 40% dos R$ 140 milhões previstos para investimentos neste ano serão direcionados à área.

Em relação à abertura de novas unidades, o laboratório informou que a expansão ocorrerá fora de Minas Gerais e está focada mais no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!