COTAÇÃO DE 07/12/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6180

VENDA: R$5,6180

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6500

VENDA: R$5,7830

EURO

COMPRA: R$6,3427

VENDA: R$6,3451

OURO NY

U$1.784,35

OURO BM&F (g)

R$323,23 (g)

BOVESPA

+0,65

POUPANÇA

0,5154%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia Economia-destaque
Produção do Diesel S-10 atingiu 190 mil metros cúbicos na Regap | Crédito: ALISSON J. SILVA/ARQUIVO DC

Pelo segundo mês consecutivo, a Refinaria Gabriel Passos (Regap), em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, estabeleceu novo recorde de vendas de Diesel S-10. A barreira dos 160 mil metros cúbicos foi quebrada pela primeira vez na história da refinaria em setembro deste ano, quando as vendas atingiram 162 mil metros cúbicos e em outubro as vendas chegaram ao recorde histórico de 165 mil metros cúbicos.

De acordo com dados divulgados ontem pela estatal, a produção de S-10 foi de 190 mil metros cúbicos em outubro de 2020, e o recorde anterior era de 171 mil metros cúbicos em setembro de 2019.

PUBLICIDADE

O gerente-geral da refinaria, Felipe Freitas, aponta a importância desses números. “Este recorde mostra a força da Petrobras frente aos desafios na evolução da sociedade, provendo a energia que assegure a sua prosperidade. Reforça também o trabalho em equipe e a colaboração de nossos funcionários nos desafios do dia a dia”, disse em nota.

De acordo com a Petrobras, os recordes de Diesel S-10 acompanham a evolução dos motores de veículos pesados e utilitários movidos a diesel, responsáveis pela maior parte da circulação de mercadorias no território brasileiro. Atualmente, existem no Brasil dois tipos de diesel rodoviário: o Diesel S-10 e o Diesel S-500, sendo este último utilizado apenas por veículos fabricados até 2011.

A Regap possui duas unidades de alta tecnologia aptas a produzir o Diesel S-10, com capacidade somada de 8,7mil metros cúbicos/dia. Além de menor teor de enxofre, o produto possui melhor qualidade de ignição por ter um maior número de cetano. No S-10, o índice chega a 48, enquanto que no S-500 é de 42.

Total – As vendas totais de diesel pela Petrobras em outubro somaram cerca de 4 milhões de metros cúbicos, volume 6,3% superior ao visto no mesmo período do ano passado, embora ainda sob efeitos da pandemia de coronavírus, informou a companhia em comunicado.

A empresa registrou um recorde no mês para as vendas de diesel S-10, com 2,01 milhões de metro cúbicos, superando maior marca anterior de setembro (1,91 milhão de metros cúbicos).

“O recorde das vendas do diesel S-10 e o crescimento das vendas totais de diesel refletem as ações comerciais implementadas pela companhia com objetivo de mitigar efeitos da pandemia da Covid-19 sobre a demanda de combustíveis e os esforços bem-sucedidos de ampliar a oferta do produto com menor teor de enxofre, em substituição ao diesel S-500”, afirmou a estatal.

As vendas de asfalto da Petrobras também tiveram recorde em outubro, com 265 mil toneladas, maior volume mensal desde novembro de 2014. (Com informações da Reuters)

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!