COTAÇÃO DE 14/05/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,2710

VENDA: R$5,2710

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,2700

VENDA: R$5,4330

EURO

COMPRA: R$6,3961

VENDA: R$6,3990

OURO NY

U$1.843,90

OURO BM&F (g)

R$311,62 (g)

BOVESPA

+0,97

POUPANÇA

0,2019%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia Economia-destaque

Usiminas religará forno e anuncia a venda da sede em Belo Horizonte

COMPARTILHE

CREDITO: CHARLES SILVA DUARTE/Arquivo DC

São Paulo – A Usiminas aprovou ontem a retomada das operações do alto-forno 2 da usina de Ipatinga (Vale do Aço) que foi paralisado em abril logo após os impactos das medidas de isolamento social sobre a demanda de aço do País. Além disso, a companhia anunciou a venda de sua sede em Belo Horizonte.

Em fato relevante, a Usiminas afirmou que o religamento do equipamento vai exigir investimento de R$ 67 milhões.

PUBLICIDADE

“O retorno do alto-forno está em linha com o compromisso da Usiminas com a geração de resultados sustentáveis, bem como com os esforços perenes da companhia para atendimento da demanda de seus clientes locais”, afirmou a companhia.

A decisão ocorreu cerca de dois meses depois que o vice-presidente financeiro da Usiminas, Alberto Ono, afirmou em teleconferência com analistas que incertezas sobre a demanda futura de aço impediam a empresa de estimar quando o retorno da operação do alto-forno 2 poderia ocorrer.

A indústria siderúrgica e de outros materiais usados em setores como de construção, máquinas equipamentos e de veículos tem sido criticada nos últimos meses por problemas de escassez de insumos e reajustes sequenciais de preços. O setor tem rebatido as acusações afirmando que tem ampliado produção desde meados do ano e que o descasamento entre oferta e demanda gerado pela pandemia deve ser resolvido entre o final deste ano e início de 2021.

Venda – Também ontem, a Usiminas anunciou que decidiu vender o edifício que abriga a sede da empresa em Belo Horizonte por R$ 130 milhões. A venda será feita para a Fundação São Francisco Xavier, criada pela própria Usiminas em 1969.

“A companhia informará, oportunamente, detalhes adicionais a respeito de sua nova sede”, afirmou empresa, que também tem escritórios em São Paulo e Porto Alegre.

Cosipa – A Usiminas comunicou também ontem acordo com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) envolvendo processo sobre controvérsias relacionadas à Cosipa, pelo qual pagará R$ 118,6 milhões.

A siderúrgica afirmou que o montante já se encontra devidamente provisionado e que será pago de forma parcelada no prazo máximo de três anos.

A Companhia Siderúrgica Paulista (Cosipa) foi incorporada pela Usiminas em 2009. (Reuters)

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!