COTAÇÃO DE 20-01-2022

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,4160

VENDA: R$5,4170

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,4470

VENDA: R$5,5770

EURO

COMPRA: R$6,1450

VENDA: R$6,1478

OURO NY

U$1.837,83

OURO BM&F (g)

R$321,61 (g)

BOVESPA

+1,01

POUPANÇA

0,6340%%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Coronavírus Economia

Vale desacelera operação de mina no Canadá por coronavírus; vê menor produção de cobre

COMPARTILHE

" "
Mapa com áreas de atuação da Vale apresentado em conferência em Toronto, Canadá 01/03/2020 REUTERS/Chris Helgren

SÃO PAULO (Reuters) – A mineradora Vale tomou a decisão de desacelerar a operação da mina de Voisey’s Bay, no Canadá, como precaução para proteger comunidades indígenas próximas diante da pandemia de coronavírus, o que impactará negativamente a produção de cobre, informou a empresa em comunicado na noite de segunda-feira.

A mineradora também afirmou que está avaliando seus planos para a paralisação de minas de processamento de carvão em Moçambique devido a restrições de viagens globais, o que poderá afetar a previsão de produção de carvão em 2020.

PUBLICIDADE




A unidade no Canadá será colocada em “care and maintenance” por quatro semanas, afirmou a Vale em fato relevante, destacando que nenhum funcionário testou positivo para coronavírus e que a medida deve-se à alta exposição a viagens na mina, que fica em área remota.

“A planta de processamento de Long Harbour (LHPP) continua em operação e a produção de níquel e cobalto não deve ser afetada, dado que há disponibilidade de concentrado armazenado para alimentar a LHPP bem além do período de quatro semanas… A produção de cobre em Voisey’s Bay, no entanto, será reduzida na proporção do tempo de parada da mina”, acrescentou a Vale.

A mina produziu 25 mil toneladas de cobre em concentrado em 2019, segundo a companhia.

De acordo com a Vale, a medida de precaução deve ajudar a proteger “a saúde e o bem-estar das comunidades indígenas Nunatsiavut e Innu em Labrador diante da pandemia do Covid-19”.




A decisão sobre a mina também afeta o projeto de expansão da unidade, acrescentou a Vale.

Já em Moçambique as restrições de viagens causadas pela epidemia de coronavírus, que dificultam também o transporte de equipamentos, levaram a empresa a revisar seus planos para paralisação das plantas de processamento de carvão locais.

“A suspensão das operações teria início no 2° trimestre de 2020 e a nova data está em avaliação, o que poderá afetar o guidance de produção de carvão para 2020”, afirmou.

Na segunda-feira, a Vale já havia informado que decidiu adotar regime de home-office para funcionários de áreas administrativas em diversos escritórios pelo mundo, incluindo em sua sede no Rio de Janeiro.

(Por Luciano Costa)

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!