COTAÇÃO DE 26/10/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,5720

VENDA: R$5,5730

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,5900

VENDA: R$5,7230

EURO

COMPRA: R$6,4654

VENDA: R$6,4683

OURO NY

U$1.793,01

OURO BM&F (g)

R$321,20 (g)

BOVESPA

-2,11

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia Economia-destaque

Vendas de veículos avançam em novembro no Estado

COMPARTILHE

Após um avanço menos expressivo verificado no mês de outubro, as vendas de veículos em Minas Gerais e em Belo Horizonte novamente passaram a apresentar resultados mais robustos.

Em novembro, as comercializações no Estado registraram um aumento de 7,64% em relação ao mês anterior, totalizando 58.882 unidades. Na capital mineira, a alta foi de 11,04%, com 39.194 emplacamentos.

PUBLICIDADE

Os dados foram divulgados ontem pela Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) e mostram a tendência de crescimento nas comercializações de veículos no Estado após uma forte retração verificada ainda no início da pandemia da Covid-19 no Brasil.

Os sucessivos avanços, porém, ainda não foram capazes de reverter as quedas vivenciadas neste ano. Tanto é que, de janeiro a novembro, ainda há um recuo de 31,57% em Minas Gerais quando se compara com o mesmo período do ano anterior. Se no acumulado deste ano foram comercializados 448.987 veículos, nos onze primeiros meses de 2019 foram 656.098.

Há retração no Estado também na comparação entre novembro de 2020 com novembro de 2019, quando foram vendidos 70.554 veículos, queda de 16,54%.

Belo Horizonte segue essa mesma lógica. Nos 11 primeiros meses deste ano, foram comercializados 275.917 veículos na capital mineira, contra 451.761 na mesma época do ano passado, o que mostra uma retração de 38,92%.

Na comparação entre novembro de 2019, quando foram vendidas 52.914 unidades na capital mineira, com novembro deste ano, o recuo é de 25,93%.

Segmentação – Os dados da Fenabrave também revelam que em Minas Gerais o caminhão foi o que apresentou a maior alta nas vendas em novembro em relação a outubro, com 26,12% e 1.154 comercializações.

Logo em seguida, as altas mais representativas de vendas no Estado foram registradas em automóveis (12,12% e 38.964 comercializações) e comercial leve (9,05% e 9.386 comercializações).

Já do lado das quedas ficaram ônibus (-23,61% e 165 comercializações), moto (-9,94% e 7.083 comercializações), outros (-9,47% e 1.634 comercializações) e implemento rodoviário (-8,99% e 496 comercializações).

Em Belo Horizonte, a maior alta nas vendas em novembro, na comparação com o mês de outubro, também foi registrada em implemento rodoviário (157,14% e 18 comercializações). A categoria foi seguida pela de caminhão (61,49% e 260 comercializações), automóveis (12,62% e 31.410 comercializações) e comercial leve (7,02% e 6.177 comercializações).

Por outro lado, a categoria ônibus apresentou a queda mais representativa nas vendas da capital mineira na mesma base de comparação (-46,15% e 35 comercializações), seguida por outros (-10,91% e 98 comercializações) e moto (-7,36% e 1.196 comercializações).

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!