COTAÇÃO DE 17/05/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,2660

VENDA: R$5,2660

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,2500

VENDA: R$5,4230

EURO

COMPRA: R$6,4106

VENDA: R$6,4134

OURO NY

U$1.866,89

OURO BM&F (g)

R$316,43 (g)

BOVESPA

+0,87

POUPANÇA

0,2019%%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Finanças

Ibovespa abre sessão em queda em meio a dúvidas quanto ao Orçamento

COMPARTILHE

POR

bolsa de valores
Crédito: Amanda Perobelli/Reuters

São Paulo – A bolsa paulista mostrava alguma fraqueza no primeiro pregão de abril, apesar do ambiente favorável a risco no exterior, nesta quinta-feira, em meio a dúvidas envolvendo o Orçamento de 2021 e após desempenho positivo em março.

Às 11h19, o Ibovespa caía 0,42%, a 116.144,07 pontos. Na máxima até o momento, mais cedo, chegou a subir a 117.087,69 pontos. O volume financeiro nesta véspera de feriado somava R$ 6,6 bilhões.

PUBLICIDADE

No mês passado, o Ibovespa subiu 6%, o primeiro desempenho positivo de 2021 e melhor resultado para março desde 2016, em meio a expectativas relacionadas a vacinas contra a Covid-19, apesar de o País viver o pior momento da pandemia. 

Exterior

Wall Street abriu em alta, com os pregões beneficiados pelo otimismo em torno do crescimento econômico dos Estados Unidos, que teve no desdobramento mais recente o anúncio do presidente Joe Biden de um pacote de cerca de US$ 2 trilhões.

As bolsas na Europa também mostravam sinal positivo, assim como o petróleo valorizava-se no exterior.

Orçamento 2021

No Brasil, o foco está voltado para as negociações envolvendo o Orçamento do ano aprovado na semana passada pelo Congresso, com aparente descompasso entre as alas política e econômica do governo sobre o tema.

Em relação ao Orçamento, a economista-chefe da plataforma de investimentos Consulenza, Helena Veronese, destaca que, por um lado, a equipe econômica recomenda o veto parcial do projeto, alegando risco de crime de responsabilidade fiscal.

“Por outro, parlamentares pressionando para que o texto seja sancionado integralmente”, afirmou, em comentários a clientes.

A B3 divulgou, nesta quinta-feira, a primeira prévia da carteira teórica do Ibovespa para o período de maio a agosto, com a entrada da ação da Locaweb e confirmação de Assaí, que está no índice desde março.

Destaques

– QUALICORP ON recuava 3,06%, novamente entre os piores desempenhos do Ibovespa, ainda na esteira do resultado trimestral conhecido na noite de terça-feira, que mostrou queda em receitas, desempenho operacional e margens.

CSN ON perdia 2,93%, em sessão negativa para o setor de mineração e siderurgia na bolsa paulista como um todo, com VALE ON caindo 1,12%, mesmo após alta dos preços futuros do minério de ferro na China.

BRADESCO PN cedia 2,02% e ITAÚ UNIBANCO PN recuava 1,45%, tendo no radar discussões relacionadas ao orçamento e riscos fiscais.

PETROBRAS PN caía 0,58%, seguindo a dinâmica mais negativa na bolsa, apesar da alta dos preços do petróleo no mercado internacional, onde o Brent subia 1,88%, a US$ 63,92 o barril.

B2W ON valorizava-se 2,77%, em sessão de recuperação de papéis atrelados ao e-commerce, após a companhia fechar março com declínio de quase 26%. MAGAZINE LUIZA ON subia 3,06% e VIA VAREJO ON avançava 2,4%.

M.DIAS BRANCO ON, que não está no Ibovespa, perdia 5,99%, após reportar queda no lucro do quarto trimestre, em resultado pressionado por maiores custos com trigo e câmbio, enquanto a demanda interna recuou.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!