COTAÇÃO DE 05/03/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6825

VENDA: R$5,6835

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6670

VENDA: R$5,8430

EURO

COMPRA: R$6,7719

VENDA: R$6,7732

OURO NY

U$1.698,69

OURO BM&F (g)

R$310,22 (g)

BOVESPA

+2,23

POUPANÇA

0,1159%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Legislação

TJMG cria programa para retomar obras

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Obras públicas suspensas pela Justiça podem ser reativadas | Foto: Divulgação

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) irá lançar nesta segunda feira (22), às 10h30, o programa “Destrava Minas-Avante” para retomada de obras públicas no Estado, que estão paralisadas por problemas relacionados a questões ambientais ou estruturais, suspensas por liminares judiciais, no âmbito do TJMG, ou por entrave procedimental.

O Programa “Destrava Minas-Avante” será realizado por meio da atuação integrada entre Poder Judiciário e órgãos de controle. Na solenidade será assinada uma portaria conjunta, para a formalização das parcerias, criando de um comitê interinstitucional formado por representantes do TJMG, governo de Minas, Tribunal de Contas, Advocacia-Geral do Estado, Procuradoria-Geral de Justiça do Ministério Público de Minas Gerais e Defensoria Pública do Estado de Minas Gerais.

PUBLICIDADE

“Vamos formalizar essa parceria entre os poderes, com o objetivo de trabalhar em rede e buscar soluções para a retomada das obras paralisadas no Estado. Essa necessidade surgiu da constatação do elevado número de empreendimentos públicos suspensos em Minas Gerais, situação que afeta o desenvolvimento econômico e social”, afirmou o presidente do TJMG, Gilson Soares Lemes.

O comitê interinstitucional irá realizar o levantamento de obras públicas paralisadas para que os conflitos sejam encaminhados aos Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) para conciliação. As obras deverão recomeçar assim que as partes chegarem a um acordo.

Parcerias – O “Destrava Minas-Avante” tem como referencial o “Destrava – Programa Integrado para Retomada de Obras”, lançado em 2020 pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), e está aliado à Estratégia Nacional do Poder Judiciário para 2021-2026, que prevê a adoção de soluções consensuais para os conflitos por meio de parcerias entre os poderes, a fim de destravar controvérsias existentes.

“Estamos convictos da necessidade de o Poder Judiciário promover medidas de redução da litigiosidade e consolidar a cultura da desjudicialização em Minas. Essa iniciativa busca assegurar a razoável duração do processo e a celeridade na resolução de conflitos que envolvam a administração pública estadual, de forma a otimizar o desenvolvimento de políticas e serviços públicos voltados ao atendimento da população mineira”, ressaltou o presidente Gilson Lemes.

O superintendente administrativo-adjunto do TJMG, desembargador José Arthur Filho, disse que o “Destrava Minas-Avante” trará benefícios à sociedade, especialmente à economia do Estado, que precisa ser impulsionada, sobretudo nesse momento em que o país e o mundo enfrentam a pandemia da Ccovid-19.

“O projeto, além de conectado com o CNJ, tem inequívoca sinergia com o Programa Justiça Eficiente (Projef), do TJMG, isso sem perder de vista que trará evidente aproximação e diálogo entre os integrantes do comitê”, afirmou o desembargador José Arthur Filho.

O Projef é um conjunto de ações estruturadas, durante a gestão 2020-2022, para tornar o Judiciário mineiro mais eficiente, ágil e acolhedor. Entre os pilares do Projef estão a conciliação e a virtualização de processos.

A Advocacia-Geral do Estado (AGE) fará um levantamento das principais decisões judiciais que, em caráter liminar, tenham suspendido obras públicas estaduais.

Assim que essa etapa for concluída, o mapeamento segue para que o comitê gestor o direcione para os Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) para a construção de um acordo que ponha fim ao conflito. (As informações são do TJMG)

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

VEJA TAMBÉM

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!

FIQUE POR DENTRO DE TUDO !

Não saia antes de se cadastrar e receber nosso conteúdo por e-mail diariamente