Estrutura faz parte do já existente Centro Médico Keralty, localizada no Barro Preto | Crédito:

Para oferecer ao paciente o cuidado integral no tratamento oncológico dentro da rede própria da empresa, o Grupo Keralty inaugurou o Espaço Keralty Oncologia, no Barro Preto, na região Centro-Sul da Capital. A unidade conta com seis leitos de infusão, dois consultórios médicos, sala de enfermagem e farmácia, em um investimento de aproximadamente R$ 1 milhão.

Esta estrutura faz parte do já existente Centro Médico Keralty, que conta com um pronto atendimento, sala de observação, sala de medicação, sala de pequenos procedimentos, laboratório clínico e 30 consultórios com diversas especialidades médicas.

De acordo com o especialista em Governança Clínica do Grupo Keralty, José Mourão Neto, o novo espaço terá interação com os demais serviços ambulatoriais, hospitalares e domiciliares já pertencentes ao grupo e com o acompanhamento dos programas de saúde em todas as fases da doença.

“Esse projeto foi iniciado em 2019 para oferecer ao paciente o cuidado integral no tratamento dentro da rede própria da empresa. O cuidado oncológico sempre foi feito na rede de prestadores. Vamos continuar o vínculo com os prestadores, mas vamos trazer os novos clientes para a rede própria. Conseguimos trazer o cuidado integrado desde o diagnóstico e com esse centro novo vamos oferecer o tratamento para cerca de 95% dos tipos de câncer mais prevalentes. Não vamos atender as neoplasias hematológicas e nem pacientes pediátricos”, explica Mourão Neto.

O projeto da unidade nasce com a visão do grupo baseada em três pilares: sanitário (parte assistencial), social (acompanhamento pela família e suporte social, se necessário) e comunitário (inovação e treinamento de pessoas que estão em torno do paciente para esse cuidado).

Além do atendimento especializado, ágil, desburocratizado e de acordo com os protocolos internacionais, o paciente também se beneficiará com todo o apoio dos demais serviços assistenciais do grupo, como ambulatoriais, hospitalares, domiciliares e emergência. A previsão é de que em até três anos a unidade seja capaz de atender 300 pacientes concomitantemente.

“Criamos as linhas de cuidado com o paciente que vai ter acesso a todas as especialidades cirúrgicas necessárias. Todo o suporte hospitalar vai ser feito no hospital Keralty. Todo acompanhamento multidisciplinar na unidade. Temos um programa de cuidados paliativos – somos a única rede com uma certificação internacional para acompanhamento desses pacientes, a Newpalex, da New Health Foundation, desde o final de 2019”, pontua o especialista em Governança Clínica do Grupo Keralty.