COTAÇÃO DE 29/11/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6090

VENDA: R$5,6100

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6470

VENDA: R$5,7730

EURO

COMPRA: R$6,3216

VENDA: R$6,3229

OURO NY

U$1.783,43

OURO BM&F (g)

R$322,48 (g)

BOVESPA

+0,58

POUPANÇA

0,4412%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Negócios

A Herança de Lucca

Os leitores do livro de estreia da jornalista e escritora Andreia Salles podem finalmente vencer a fase do luto e entrar de cabeça e alma no segundo livro da série, “A Herança de Lucca”. Ela retoma a história de amor iniciada em “A Gôndola Vermelha” com mais capítulos repletos de aventuras amorosas em uma Veneza que usa máscaras, permeada por disputas de poder, passeios históricos pela Itália do século XVII e desfechos surpreendentes. Desta vez, com novos personagens a passear pelo script. Após uma virada emocionante, ao estilo dos grandes romances, a nova jornada conduz o leitor por lugares como Florença e Nápoles, onde serão conhecidos novos personagens e um estilo de vida completamente diferente. Mas o passado insiste em bater à porta, na pessoa de Paola, a sempre divertida e sarcástica amiga aristocrata, que leva a história de volta a Veneza, cercada de medos. A perspectiva de uma reparação à nova geração une os personagens de forma definitiva, no enfrentamento de seus maiores fantasmas. É absolutamente irresistível se juntar ao grupo nessa jornada e revisitar o poder do amor. (A Herança de Lucca, série: A Gôndola Vermelha, Andreia Salles, 242 páginas, R$ 20 – e-Book / R$ 44 – impresso)

Moralistas de plantão, fujam!

Parentalidade, homofobia e crises existenciais recheiam o que parece ser apenas mais uma história sobre uma família nada tradicional brasileira. A vovó é louca, do auditor-fiscal da Receita Federal, jurista e escritor paraibano Francisco Leite, conta como a vida dos Terno Aurora virou de cabeça para baixo depois que a vovó foi parar em uma rave. Narrada por Amanda, neta da grande protagonista, a obra é ambientada na Paraíba. O refúgio e a paz que oferecia a casa da vovó se transformou em caos após os acontecimentos revelados com a morte trágica do vovô durante um passeio na praia de nudismo. Abalada com a perda do grande amor da sua vida, a vovó revela um segredo, a primeira grande surpresa da narrativa. Amanda, que já vivia um caos na vida conjugal depois de beijar uma desconhecida na balada, entra em crise existencial para ressignificar tudo e a todos ao seu redor. Para os leitores abertos a obras que desafiam o politicamente correto, A vovó é louca encanta pelo ritmo frenético e narrativa desconstruída. Surpreendente até para as mentes mais abertas, a obra de Francisco é um convite para a diversão. (A vovó é louca, Francisco Leite, Editora Transversal, 176 páginas, R$ 38 – impresso / R$ 19,90 e-Book)

Ato de abraçar pode transformar o mundo em um lugar melhor

PUBLICIDADE

O distanciamento social necessário para conter o avanço do novo coronavírus fez com que o brasileiro tivesse de interromper um hábito muito comum por aqui: dar abraços. Coincidentemente, um livro lançado em janeiro traz como tema justamente essa calorosa demonstração de afeto. “O Melhor Abraço do Mundo – Ser Diferente Faz Parte da Natureza Humana”, da editora D’Livros, é um livro infantil que fala sobre amizade, saudades e diferenças e mostra a importância do abraço. Já publicado aqui no Brasil, será também lançado em Portugal pela Editora Estúdio Didáctico. Como personagens principais, a brasileira Luluzinha e o português Jorge. Os dois se conhecem na escola em que frequentam em Portugal. Ela negra, ele branco, convivem também com crianças de diferentes etnias e histórias de vida, com deficiência ou não. O objetivo da escritora Luciene Balbino é mostrar como somos todos um único povo, formado por nossas diferenças e singularidades. Sem falar diretamente sobre preconceitos, ela mostra como o mundo seria melhor se as pessoas abraçassem mais a realidade do outro e respeitassem as diferentes vivências. O personagem Jorge sabe como um abraço é importante e, como não pode mudar o mundo de uma única vez, ele propõe uma campanha para que ele e seus colegas de classe se abracem mais. O que ele e Luluzinha gostariam mesmo é de mudar o nome do mundo para “Abraço”, mas como isso é impossível, o nome da sala de aula passou a ser esse. (O Melhor Abraço do Mundo, Luciene Balbino, Editora D’livros, 24 páginas, R$ 36)

Solução de conflitos

A importância do ensino das formas adequadas de tratamento de conflitos nos cursos de Direito é o tema e o nome do artigo publicado pela professora Suzana Borges Viegas de Lima, da Faculdade Presbiteriana Mackenzie Brasília, na obra Os métodos adequados da Gestão de Conflitos a Serviço da Pacificação e Humanização da Justiça, lançado pela editora Ultima Ratio. O livro propõe a discussão sobre os sistemas de resolução de conflitos autocompositivos, ou seja, quando as próprias partes envolvidas na disputa negociam uma solução, com ou sem a ajuda de terceiros. Em sua colaboração, a professora Suzana destaca a importância e a necessidade de levar à sala de aula componentes curriculares que abordem formas adequadas para o tratamento de conflitos. Segundo a docente, é fundamental que os graduandos assimilem o máximo de ferramentas para a resolução de disputas, durante o período na academia, para que possam promover uma transformação no contexto e nos cenários proporcionados pela atual cultura de processamento dos conflitos. (Métodos Adequados de Gestão de Conflitos. A serviço da pacificação e da humanização da justiça, coordenadores: Luciano Loiola da Silva e Benigna Araújo Teixeira Maia, Editora Última Ratio, 328 páginas, R$ 69)

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!