Para 2021, a Drogaria Araujo planeja aportes de R$ 112 milhões para abertura de 45 unidades | Crédito: Divulgação

Na contramão da crise gerada pela pandemia no País, a Drogaria Araujo manteve o plano de expansão traçado para o exercício. A rede deverá encerrar 2020 com 35 lojas inauguradas em Minas Gerais, mediante aportes de R$ 87,5 milhões. E os investimentos não param por aí. Para 2021, estão previstas outras 45 unidades, inclusive no interior do Estado, que deverão consumir algo em torno de R$ 112 milhões.

As informações são do presidente da rede, Modesto Araujo. Segundo ele, apesar das intempéries causadas pela pandemia, como a baixa demanda por medicamentos e o atraso na inauguração de algumas unidades, a ampliação do mix de produtos e a oferta de testes rápidos para Covid-19 foram fundamentais para o desempenho da rede, inclusive, acima da média apurada pelo mercado farmacêutico.

Assim, com 114 anos de atuação e mais de 250 lojas espalhadas por Minas Gerais, a rede prevê encerrar o ano com alta de 20% nos negócios na comparação com 2019. Apenas no primeiro semestre deste exercício, período com maiores impactos das medidas de distanciamento social em combate à disseminação da doença, a empresa apurou alta de 14% nas vendas sobre igual época de 2019. O restante do setor registrou incremento de 8,6%, no mesmo tipo de confronto.

A pandemia da Covid-19 fez com que buscássemos nos reinventar, ensina Modesto Araujo | Crédito: Juliano Arantes

“Este ano está sendo muito atípico para todos nós. Mas não é a primeira vez que a Araujo passa por uma pandemia, pois, em 1902, meu avô já teve que lidar com a gripe espanhola. Durante todos esses anos, a rede enfrentou ainda duas guerras mundiais, diferentes planos econômicos e diversas evoluções. O diferencial sempre esteve na forma de lidar com cada situação”, afirmou.

Para o empresário, essa experiência também ajudou a empresa a enfrentar a crise. “A pandemia fez com que buscássemos nos reinventar. E assim nós fizemos, incluindo em nosso portfólio máscaras e outros Equipamentos Proteção Individual (EPI), bem com álcool em gel e exames específicos para Covid. Inclusive, com o diferencial do Teste Drive Thru, que permitiu aumentar em cinco vezes o fluxo de atendimento”, exemplificou.

Por falar em testes, conforme o presidente da Araujo, até agora, a rede foi responsável pela realização de 75% dos testes aplicados em drogarias em toda Minas Gerais. O serviço é oferecido pela rede desde abril em duas modalidades: IgM/IgG e Ag.

Cidades contempladas – Sobre a expansão da Araujo, as próximas duas lojas serão inauguradas em Muriaé, na Zona da Mata. Além disso, conforme o presidente da drogaria, Araxá (Alto Paranaíba) também ganhará duas unidades ainda neste exercício e uma outra será aberta em Três Corações (Sul), além de diversos pontos na capital mineira.

Neste sentido, ele destacou que o processo de interiorização da Araujo tem sido sucesso. A rede já está presente em mais de 40 cidades de Minas Gerais, levando um novo modelo de negócio farmacêutico e de comercialização não apenas de medicamentos, mas de outros produtos, no formato drugstore.

Em 2020, a Drogaria Araujo realizou mais de 1.500 contratações (tanto para novas, quanto para lojas existentes), com 490 promoções internas – um reconhecimento ao profissionalismo de seus colaboradores. Ao todo, a rede emprega mais de 8 mil funcionários.