COTAÇÃO DE 26/10/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6270

VENDA: R$5,6270

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6730

VENDA: R$5,8030

EURO

COMPRA: R$6,6420

VENDA: R$6,6450

OURO NY

U$1.792,47

OURO BM&F (g)

R$327,87 (g)

BOVESPA

-1,34

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Negócios zCapa

Ecogranito cresce e planeja elevar exportações no próximo ano

COMPARTILHE

Atualmente, o revestimento sustentável é comercializado em nove estados brasileiros, além do Distrito Federal - Crédito: Divulgação

Em tempos de recessão, as empresas buscam por soluções que otimizem os gastos para manter os lucros. Por isso, a Ecogranito, empresa mineira de revestimento inteligente que substitui e imita o granito e pedras ornamentais, passou à margem da lenta recuperação da construção civil e registrou um crescimento de 30% em 2019 sobre 2018.

Para o próximo ano, a empresa projeta dobrar o faturamento e ampliar a presença nos países da América Latina e nos Estados Unidos. De acordo com o diretor comercial da Ecogranito, Renato Las Casas, a empresa produz 14 toneladas do produto e vai aumentar a quantidade produzida. “Agora, com a licença para exportar para os EUA e Canadá, o volume exportado vai corresponder à produção de 10% da fábrica”, explica.

PUBLICIDADE

Atualmente, o revestimento sustentável é comercializado em nove estados, além do Distrito Federal, aqui no Brasil. Segundo Las Casas, a empresa vai dar continuidade no planejamento de expansão ao consolidar uma parceria com uma grande empresa paulista do comércio de materiais da construção civil para aumentar o número de estados onde o produto é comercializado. “O nome da empresa não pode ser revelado, por questão contratual, mas a nossa meta é modernizar a marca e lançar inovações para acompanhar as tendências do mercado. Ainda estamos com o projeto de disponibilizar nossos produtos para a venda em home centers”, conta.

Segundo o diretor comercial da Ecogranito, Renato Las Casas, o aquecimento das vendas e o desejo de expansão está associado ao conhecimento das construtoras sobre as vantagens da técnica japonesa de revestimento, criada há 30 anos, e ainda é muito pouco divulgada no Brasil. “A iniciativa é sustentável e aproveita melhor os recursos naturais e energéticos. Além disso, ganha o empreendimento, ao diminuir os custos da obra, evita um resserviço e agrega qualidade ao trabalho oferecido”, garante.

O diretor comercial destaca, ainda, o lançamento de outro produto: o ecopiso, previsto para ser lançado ainda no primeiro semestre de 2020. “Os benefícios de nosso piso ecológico são diversos, afinal, ele segue a mesma linha sustentável do “irmão mais velho”, o ecogranito, e possui uma superfície que proporciona sofisticação, requinte e durabilidade”, ressalta. Para ele, o mercado de acabamentos é carente por soluções rápidas aliadas a um custo benefício atrativo. “O ecopiso vem para suprir tal demanda e agilizar essa etapa da obra, que é tão morosa”, conclui.

*Colaboradora

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!