COTAÇÃO DE 03-12-2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6790

VENDA: R$5,6800

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,7000

VENDA: R$5,8300

EURO

COMPRA: R$6,3643

VENDA: R$6,3655

OURO NY

U$1.784,10

OURO BM&F (g)

R$321,33 (g)

BOVESPA

+0,58

POUPANÇA

0,4739%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Negócios Negócios-destaque
pix
Crédito: Reprodução

Desde o surgimento da tecnologia e as transações digitais, muito se comenta sobre a possibilidade de extinção do dinheiro em papel e a forma como diversos tipos de pagamentos são feitos.

Aparentemente, esse dia pode chegar mais cedo do que muitos imaginam. Com a criação do PIX, um novo método para realizar pagamentos instantâneos criado pelo Banco Central, os setores começarão a fazer parte de uma nova realidade financeira que pode afetar todos os meios econômicos do Brasil.

PUBLICIDADE

Se esse método por si só já atrai a atenção de diversos investidores, a atuação das fintechs – organizações que utilizam a tecnologia e o meios digitais para facilitar e otimizar processos financeiros – pode gerar ainda mais valor ao novo modelo e trazer inúmeras possibilidades ao mercado.

O PIX ainda é algo novo no mercado e causa algumas dúvidas e desafios para as instituições financeiras. Porém, para quem já estava acostumado com soluções rápidas e modelos tecnológicos, o desafio se transforma em excelente oportunidade. A fintech mineira U4crypto, por exemplo, foi uma das primeiras empresas brasileiras a aderirem o modelo.

Para o CEO da U4crypto, Túlio Iannini, o PIX reserva excelentes possibilidades e, provavelmente, vai revolucionar o mercado econômico brasileiro.

“Basicamente, o PIX permite realizar transações bancárias em segundos. Coisas que antes demoravam um ou dois dias para serem realizadas, a partir de agora serão feitas de forma instantânea. Ou seja, quanto mais rápido as empresas aderirem a esse modelo, mais à frente elas estarão no mercado”, explica.

Iannini também destaca que é uma questão de tempo até que alguns modelos antigos de transações financeiras sejam extintas. “Com a ascensão do PIX, é muito provável que em um futuro próximo as TEDs – que são um processo bem demorado para a agilidade que o mundo atual exige – deixem de existir e, em seguida, os boletos bancários que sofrem do mesmo problema”, argumenta.

Outra vantagem desse novo modelo será também a possibilidade de realizar pagamentos muito mais velozes utilizando o WhatsApp, por exemplo. “Imagine resolver tudo em um único aplicativo de forma segura sem depender de terceiros? O método já está sendo discutido pelo Banco Central”, diz.

Porém, vale o alerta. “Com a facilidade, o principal desafio se torna a concorrência e os diferenciais. Então, as empresas precisam, mais do que nunca, oferecer expertise avançada em sua área e soluções cada vez mais completas”, indica Iannini.

A U4crypto é uma plataforma de tecnologia (fintech) que atua no mercado financeiro com o objetivo de oferecer soluções de pagamentos integrados e democratizar o acesso aos serviços de transações financeiras entre pessoas no mundo inteiro.

A plataforma oferece uma mix de serviços completo para que qualquer empresa possa fazer parte do mercado financeiro e oferecer aos seus clientes e funcionários meios para realizar transações financeiras com segurança e agilidade. (Da Redação)

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!