COTAÇÃO DE 19/10/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,5930

VENDA: R$5,5940

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6270

VENDA: R$5,7770

EURO

COMPRA: R$6,4569

VENDA: R$6,4588

OURO NY

U$1.768,97

OURO BM&F (g)

R$315,96 (g)

BOVESPA

-3,28

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

exclusivo Negócios Negócios-destaque

Vendas da Frutty Refrigerantes registram crescimento de 1,5%

COMPARTILHE

A Frutty investiu R$ 12 milhões na ampliação de sua capacidade produtiva - cRÉDITO:

Com 70 anos recém-completados, a Frutty Refrigerantes Ltda, com planta em São Gonçalo do Sapucaí, na região Sul de Minas Gerais, enfrentou diferentes cenários políticos e econômicos ao longo de sua história, inclusive a mais recente e grave recessão econômica do País, graças ao posicionamento no mercado e o relacionamento estabelecido com fornecedores e clientes. Esta é a avaliação do diretor da empresa, Rogério Vilela Silva.

“A qualidade não apenas de nossos produtos, mas de todo o processo fabril e atuação diante da sociedade, sempre foi muito bem aceita por todos, desde a fundação da empresa, em 23 de janeiro de 1950, por meu pai Frutuoso Mariano Silva e seu sócio Jorge Franco Brandão”, resumiu.

PUBLICIDADE

Tudo começou com uma modesta indústria, instalada na avenida Ibrahim de Carvalho, em São Gonçalo do Sapucaí. A capacidade produtiva era de 150 garrafas por hora e havia apenas quatro funcionários. Sete décadas depois, a capacidade saltou para 30 milhões de litros por mês, sendo que, atualmente, a empresa produz 12 mil garrafas de 2 litros, 15 mil garrafas de 500 ml e 15 mil garrafas de 250 ml por hora. Além disso, conta com 130 colaboradores.

“Estamos operando com cerca de um terço da capacidade total. Isso significa que conseguimos absorver qualquer aumento de demanda, uma vez que temos estrutura e maquinário para crescer mais duas vezes o que produzimos hoje em nosso parque fabril”, explicou.

O potencial produtivo foi atingido em 2018, quando a marca investiu R$ 12 milhões em expansão. Conforme o diretor, no ano passado, já foi possível observar algum incremento nas vendas. E, a partir destes aportes, a Frutty cresceu 1,5% sobre 2018. O resultado é considerado positivo pela marca que, diante do cenário ainda adverso, esperava até mesmo retração dos negócios no exercício anterior.

Para 2020, as expectativas são melhores. De acordo com Silva, apesar de não ser possível estimar quanto a empresa deverá crescer neste ano, é bem provável que o desempenho seja ainda melhor. “Em 2019, tivemos um início de ano retraído e um aquecimento das vendas a partir do segundo semestre. Agora, diante da efetiva melhoria da economia e o ambiente de maior confiança, acreditamos que a demanda tão esperada vai começar a se confirmar”, apostou. Novos investimentos, no entanto, não estão previstos.

A Frutty conta com 10 produtos diferentes, entre refrigerantes, energético e água gaseificada. Entre os sabores produzidos pela Frutty estão: guaraná, laranja, limão, tubaína, cola, uva e abacaxi – sendo este último, o carro-chefe da empresa. “É um produto único”, destacou.

Por fim, Silva ressaltou que os momentos de crise que a indústria de refrigerantes enfrentou durante os 70 anos de existência, se tornaram importantes para o aprendizado e fortalecimento dos negócios. Segundo ele, sempre que a empresa teve dificuldades financeiras, “souberam se reerguer com muito trabalho”.

“Costumamos dizer que, na crise, temos a oportunidade. Em 1986, quando estivemos beirando a falência, ‘arregaçamos as mangas’ e fomos trabalhar. Em 1994, fizemos novos investimentos em nosso maquinário. Recentemente, em 2017, quando todo o setor de refrigerantes e o Brasil estava em baixa, ousamos em investir e renovar toda a linha de produção pet”, finalizou.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!