COTAÇÃO DE 23/05/2022

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$4,8040

VENDA: R$4,8050

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$4,8800

VENDA: R$4,9820

EURO

COMPRA: R$5,1166

VENDA: R$5,1182

OURO NY

U$1.853,34`��

OURO BM&F (g)

R$285,51 (g)

BOVESPA

+1,71

POUPANÇA

0,6084%

OFERECIMENTO

Negócios Negócios-destaque

Gerdau e Sebrae Minas apoiam MPEs

COMPARTILHE

Crédito: Sérgio Mourão/Setes

Ouro Preto é a próxima cidade a receber o Programa de Desenvolvimento Empresarial (PDE), promovido pelo Sebrae em parceria com a Gerdau. No dia 27 de novembro, microempreendedores e pequenos empresários – com faturamento bruto anual de até R$ 4,8 milhões – poderão participar da seleção que vai escolher 10 negócios para receber uma capacitação personalizada, subsidiada pelo programa. O encontro acontece às 9 horas na Associação Comercial de Ouro Preto (Acop) e os interessados devem fazer uma inscrição prévia.

O projeto já selecionou negócios nos municípios de Congonhas, Conselheiro Lafaiete, Itabirito e Ouro Branco. Ouro Preto é a quinta e última cidade a sediar o projeto este ano. Até o momento, 110 empresas estão cadastradas para receber um diagnóstico do negócio, identificando pontos fortes e oportunidades de melhoria na sua gestão. Na etapa final, 50 negócios serão selecionados para receber a capacitação personalizada – que inclui visitas periódicas de um consultor, cursos e oficinas para interpretação de indicadores, análises técnicas e aprimoramento da gestão da empresa.

PUBLICIDADE




Segundo o gerente de responsabilidade social da Gerdau, Paulo Boneff, o projeto tem como objetivo aumentar o índice de competitividade das empresas – implantando controles gerenciais apropriados para cada perfil empresarial. “A Gerdau tem como foco estimular, capacitar e potencializar o empreendedorismo para a transformação nos municípios em que está presente”, explica. “O PDE atende o micro e o pequeno empreendedor que já possuem negócios e buscam desenvolver ainda mais o mercado nas regiões do Alto Paraopeba e Inconfidentes”, Boneff acrescenta.

Para o consultor do Sebrae Aristides Rocha, a parceria com a Gerdau possibilitou o subsídio de 90% do programa para os empresários. Todos os inscritos de todas as cidades receberão o diagnóstico do Sebrae e 50 selecionados participarão da consultoria especializada de acordo com as necessidades identificadas. “O Sebrae só conseguia alcançar o índice de 50% de subsídio para os negócios e a parceria com a Gerdau permitiu alavancarmos esse índice para 90%. Os demais 10% são uma contrapartida dos empresários de compromisso com o PDE”, diz Rocha. No total, o programa irá investir R$ 750 mil. (Da Redação)

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!