Crédito: Freepik

Com tantas mudanças e avanços tecnológicos, não é raro ver uma determinada área se aperfeiçoando e alterando seus processos. E as relações humanas não ficam por fora dessa evolução.

As etapas de trabalho têm sido cada vez mais automatizadas e o desenvolvimento das relações também tem usufruído da tecnologia para serem estabelecidas.

“O RH tem o papel fundamental de combinar conhecimento e inovação tecnológica, auxiliando a identificar práticas ineficientes e a acabar com aquelas que não apresentam resultados satisfatórios”, relata Simony Morais, gerente de Gente e Gestão da Locaweb, uma das empresas pioneiras em soluções Business to Business (B2B) para transformação digital.

Segundo ela, a maior parte dos canais e recursos utilizados pelo RH e pelos funcionários já é eletrônico. “A comunicação é feita usando e-mail marketing, blog, wallpaper, Whatsapp, Rocket Chat e Microsoft Teams”, explica.

Até mesmo os treinamentos de aperfeiçoamento profissional possuem maior interação, com o apoio de ferramentas que estimulam o aprendizado e a avaliação das sessões.

As metas das áreas também são acompanhadas em uma ferramenta on-line, que permite o monitoramento constante do desenvolvimento. Isso tudo além das questões cotidianas, como marcação de ponto eletrônico on-line.

A inserção da tecnologia nos processos de seleção também está em alta. Segundo o relatório de Tendências Globais de Recrutamento realizado pelo Linkedin, a inteligência artificial foi citada como tendência global.

Para Simony Morais, essa adaptação buscar alcançar mais eficiência, agilidade, imparcialidade na organização. “Com inteligência artificial, a busca é realizada por uma triagem eletrônica de currículos. Antes das etapas presenciais, utilizamos assessments on-line para otimizar o tempo do recrutador e do candidato”, diz a gerente.

Além disso, na Locaweb é realizada a medição anual do clima organizacional por meio de pesquisas. E, como resultado, há a conclusão de que a cultura digital gera lideranças melhores, promoção do sentimento de pertencimento, boa comunicação e clima organizacional positivo.

“Como uma empresa digital, é intrínseco abordarmos a tecnologia no dia a dia, em todos os nossos processos e programas. O impacto disso nas relações internas torna as ações mais ágeis, contribuindo para a produtividade”, finaliza Simony Morais. (Da Redação)