COTAÇÃO DE 26/10/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,5720

VENDA: R$5,5730

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,5900

VENDA: R$5,7230

EURO

COMPRA: R$6,4654

VENDA: R$6,4683

OURO NY

U$1.793,01

OURO BM&F (g)

R$321,20 (g)

BOVESPA

-2,11

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Negócios Negócios-destaque

Projeto Experimente comemora cinco anos

COMPARTILHE

Evento de cervejas artesanais comemora 5 anos e se consolida como um dos principais potencializadores do mercado da cervejarias em Belo Horizonte | Crédito: Divulgação

Nos últimos anos, Belo Horizonte tem se tornado a capital das cervejarias artesanais, ganhando até o apelido de Bélgica Mineira, e não é por mera coincidência. Em 2014, nascia uma iniciativa que iria mudar completamente o panorama desse mercado na cidade: o Projeto Experimente.

A feira, que reúne um público médio de 5.000 pessoas por edição, comemora seu aniversário de 5 anos no próximo dia 12 de outubro. Com meia década de vida, o impacto que a iniciativa teve e tem no mercado das cervejarias artesanais e na própria relação do belorizontino com a cerveja é bem claro.

PUBLICIDADE

A feira nasceu de uma parceria entre Bruno Lins – empresário e idealizador do projeto – e algumas cervejarias que viam a potencialidade no evento. Desde o início, a ideia teve bastante êxito, reunindo um público considerável logo nas primeiras edições.

Ao longo desses cinco anos, a experimente já reuniu mais de 100 cervejarias, com pelo menos três rótulos cada, e também mais de 100 restaurantes e chefes. Bruno reflete sobre a trajetória até aqui.

“Parece que foi outro dia o primeiro Experimente, e também parece que fizemos isso a vida toda. Muita gratidão a todos os parceiros, fornecedores e principalmente clientes, que fizeram do Experimente o que ele é hoje.”

A feira foi responsável por criar um público que, cada vez mais, se interessa em aprender sobre o universo cervejeiro e conhecer novos rótulos. Para os donos das cervejarias, isso faz toda a diferença nos negócios, seja para os recém chegados ao mercado ou quem já está mais consolidado.

Crédito: Divulgação

Eduardo Petri, da cervejaria Verace, conta sobre a importância do Projeto Experimente para seu negócio:

“Toda cervejaria que está começando – a Verace tem 3 anos – sonha em ter a oportunidade de poder participar da Experimente, porque é a melhor forma de apresentação – é como se estivesse debutando para o mercado, de tal forma que a gente possa estar presente na mente e no desejo dos consumidores”.

Sobre a influência da feira no mercado belorizontino em geral, ele adiciona: “A feira foi muito importante ao longo desses cinco anos porque trouxe a experimentação de diversos estilos de cerveja para todos aqueles que tinham vontade ou curiosidade de conhecer. Além disso, apresentou diversas marcas de cervejaria para o mercado e para o público em geral”.

A cerveja artesanal tem se tornado um importante elemento da economia em Minas, só em 2018 foram produzidos 25 milhões de litros da bebida. Essa popularidade que o setor vem ganhando com certeza tem, em parte, o Projeto Experimente a agradecer. Para Bruno Lins, muito mais do que números, a feira representa que trabalhar com sua paixão pode gerar frutos impensáveis:

“Alcançamos inúmeros objetivos, erramos algumas vezes e contamos com ajuda de muita gente finíssima. Se há uma conclusão após tantas experiências é que todos, sem exceção, merecem os parabéns por mais esse aniversário e que sim, nós amamos o que fazemos.”.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!