COTAÇÃO DE 07/05/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,2280

VENDA: R$5,2290

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,2070

VENDA: R$5,3830

EURO

COMPRA: R$6,3509

VENDA: R$6,3522

OURO NY

U$1.831,42

OURO BM&F (g)

R$307,84 (g)

BOVESPA

+1,77

POUPANÇA

0,2019%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

exclusivo Negócios Negócios-destaque
Crédito: Divulgação

Pronta para avançar pela Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), a paulista Special Dog Company – fabricante de rações para cães e gatos – prospecta 350 pontos de venda (PDVs) em território mineiro. O objetivo é conquistar, até o final do ano, 640 clientes e a expectativa de volume vendido para a região, ainda em 2020, é de mil toneladas.

O planejamento é justificado, segundo o gerente de vendas da Special Dog Company, Marcos Tavares da Silva, pelos fortes números do mercado mineiro. O Estado ocupa o segundo lugar no ranking de população de animais de companhia, com 10,1% do total. Perde apenas para o estado de São Paulo.

PUBLICIDADE

“Já estamos presentes nas regiões do Triângulo, Zona da Mata e Sul de Minas, agora avançamos pela região metropolitana e Central, até Sete Lagoas. Sabemos do tamanho desse mercado e nos baseamos no número de pedidos on-line que recebemos e as constantes consultas de players da região para a tomada de decisão”, explica Silva.

Atualmente, a Special Dog conta com um portfólio de 80 produtos divididos nas linhas Premium, Super Premium (Prime) e Snacks, de alimentos secos, e Premium Especial, na linha de alimentos úmidos. Cerca de 172 mil toneladas foram distribuídas em 2019 nos mais de 38 mil pontos de vendas físicos em sete estados brasileiros, além de exportadas para seis países, entre eles Chile, Bolívia e Uruguai.

Pelo perfil apurado sobre o mercado mineiro, a expectativa é de que os produtos de maior volume vendido na fase inicial serão Special Dog Prime Raças Pequenas, Special Dog Gold, Special Dog Carne e Special Cat Castrados. Em princípio, a Special Dog Company atuará em pontos de venda do canal especializado (casa agropecuária, clínica veterinária e pet shop), que serão atendidos através de venda direta, não por atacadistas.

Nem mesmo a pandemia causada pelo novo coronavírus diminuiu o ímpeto de crescimento da empresa. Consideradas comércio de primeira necessidade, as casas especializadas em produtos para animais continuaram abertas durante o período de isolamento social.

“Projetamos um crescimento concêntrico e Minas hoje já é nosso terceiro mercado. A consolidação da presença na Capital deve elevar o consumo mineiro até bem próximo do que temos hoje no Paraná, nosso segundo mercado”, pontua o gerente de vendas da Special Dog Company.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!