COTAÇÃO DE 04/03/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6572

VENDA: R$5,6582

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,5600

VENDA: R$5,8300

EURO

COMPRA: R$6,7415

VENDA: R$6,7445

OURO NY

U$1.698,79

OURO BM&F (g)

R$309,40 (g)

BOVESPA

+1,35

POUPANÇA

0,1159%%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Negócios

Veículos elétricos: Cemig SIM instala eletropostos em BH

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Crédito: Divulgação/Cemig
Crédito: Divulgação/Cemig

Símbolos de um consumo responsável, os carros elétricos estão, aos poucos, se tornando mais comuns em todo o mundo, inclusive no Brasil. Em Belo Horizonte são cerca de 120 e com crescimento acelerado. Há pouco mais de um ano esse número era pouco maior que 50. Para incentivar o uso dos veículos movidos à energia renovável, a Cemig SIM implementou três postos de abastecimento de carros elétricos na região Centro-Sul: Mercado Central, no supermercado Super Nosso (unidade Lourdes), e na concessionária AvantGarde (bairro Santa Lúcia).

A iniciativa parte de um conceito desenvolvido a partir de programa de inovação aberta realizado em parceria com a Fiemg Lab, UseCarGo e Voltbras. De acordo com o executivo de Soluções da Cemig SIM, William Alves de Souza, a meta é disponibilizar, além da energia, uma infraestrutura robusta para que os usuários de carros elétricos tenham liberdade para planejar seu deslocamento.

PUBLICIDADE

“Nosso propósito é fazer um movimento para que esse mercado aconteça. Fizemos um chamamento público com o Fiemg Lab, para trazer soluções para carregamento e uma plataforma que é fundamental. Essa nossa prova de conceito vem para fazer esse movimento no mercado. A Cemig SIM tem a proposição de alavancar nossa atuação nesse mercado a partir desse projeto. Vamos empreender em estrutura. O importante é que não estamos apenas mudando a base do combustível fóssil para elétrico, estamos trazendo uma solução que é uma integração. O veículo elétrico é também uma plataforma digital. É um novo mundo em que estamos nos engajando”, explica Souza.

Há também, outros produtos e serviços pensados para atender às individualidades dos novos usuários da tecnologia de mobilidade elétrica e à expansão do seu uso. Os interessados em utilizar o serviço podem baixar o aplicativo “SIM Charger”, nas lojas Android e Apple. Cabe ressaltar que os eletropostos poderão ser utilizados por todos, inicialmente sem custo de carregamento.

Crédito: Divulgação/Cemig
Crédito: Divulgação/Cemig

“Hoje no Brasil toda estrutura de abastecimento de carros elétricos é incentivada, sem cobrança para o usuário final. Ainda não há previsão para que esse serviço seja cobrado. Por enquanto o objetivo é ampliar a rede e assim ajudar a ampliar o mercado, inclusive em outros lugares fora do Estado. A Cemig SIM está preparada para levar o projeto para onde exista interesse. Já recebemos, desde que o projeto se tornou público, consultas de empresas de diferentes setores como postos de combustíveis e até condomínios onde os moradores querem ter esse tipo de veículo, mas têm receio quanto ao abastecimento”, destaca.

Os parceiros do projeto ArcelorMittal e Supermercado Super Nosso receberam um carro Nissan Leaf, movido à energia elétrica, para que possam testar os aplicativos e postos disponíveis. O veículo leva uma hora e 45 minutos para atingir 100% de carga. Atualmente, o valor médio de recarga, com fonte solar, é de R$ 40,00.

“A pandemia alertou a sociedade mais uma vez quanto à necessidade de nos preocuparmos com o meio ambiente. O mercado de energia fotovoltaica está sendo mais procurado por esse motivo. Além da estrutura de carregadores, na segunda fase do projeto, também vamos investir numa frota de carros elétricos compartilhados. Podemos levar isso até os nossos parceiros. O compartilhamento é um conceito primordial para a Cemig SIM. Ele traz sustentabilidade, redução de custos, além da possibilidade de registro e acompanhamento de tudo que acontece com o veículo”.

Mais novidades – Até março a Cemig SIM deve disponibilizar uma solução para o acompanhamento remoto do gasto de eletricidade para clientes pessoas física e jurídica, através de um aplicativo. Assim a pessoa vai conseguir observar o que está sendo consumido e remanejar atividades para horários de menor tarifa e detectar desperdícios.

“Além de monitorar, o aplicativo também vai dar alarme caso a energia caia. Essas aplicações vão não só permitir uma redução na conta e evitar prejuízos para os consumidores, tornando o uso da energia mais racional, como também reduzir a exploração de recursos naturais. Quanto mais pudermos utilizar recursos renováveis e poupar a exploração do planeta, teremos uma vida mais saudável e economicamente viável”, completa o executivo de Soluções da Cemig SIM.

Ambev fecha parceria com startup e a Agrale

Crédito: Divulgação/Reuters
Crédito: Divulgação/Reuters

São Paulo – A Ambev fechou parceria com a startup brasileira FNM e com a montadora nacional Agrale para mil veículos elétricos incluindo caminhões e vans, como parte dos planos da fabricante de bebidas de ter metade de sua frota rodando com energia limpa até 2023.

O valor do investimento não foi revelado, com a Ambev afirmando apenas que o projeto é “viável economicamente devido ao menor custo de energia e manutenção”.

Com cerca de 5.300 caminhões, a Ambev tem uma das maiores frotas dedicadas do País. E é com a conversão dessa estrutura que a companhia planeja reduzir em 25% a emissão de CO2 em toda sua cadeia até 2025.

Os veículos da parceria vão para transportadoras que prestam serviços de distribuição para a cervejaria, somando-se a cerca de 1.600 outros elétricos que estão sendo produzidos em Resende (RJ) pela Volkswagen Caminhões e Ônibus, dos quais 100 devem começam a rodar já este ano.

Segundo a Ambev, comparado aos 5.300 caminhões da frota atual, cada caminhão elétrico da FNM/Agrale permitirá reduzir a emissão de CO2 em 126 mil quilos por ano. O veículo piloto fará rotas de entrega de bebidas no Rio de Janeiro, com autonomia de até 100 quilômetros por dia.

A nova parceria envolve a startup de soluções de logística FNM (Fábrica Nacional de Mobilidades), conhecida como FêNêMê, que surgiu de um programa de aceleração da Ambev, em 2019. Por meio da FNM, os caminhões terão um sistema anti-colisão com inteligência artificial e câmeras integradas. O reabastecimento será feito em pontos de recarga em centros de distribuição da Ambev, que usam energia solar.

“As parcerias resultaram em um veículo com tecnologias de ponta que agora poderá ser exportado para outros países e outras empresas”, afirmou à Reuters Rodrigo Figueiredo, vice-presidente de sustentabilidade e suprimentos da Ambev.

O anúncio significa um reforço na produção nacional de veículos elétricos, segmento para o qual montadoras do mundo inteiro estão migrando rapidamente, o que pode ser um vetor para a Agrale, que produz tratores, caminhões, chassis para ônibus, utilitários, motocicletas, vans, motores e geradores. 

Os veículos terão motores da europeia Danfoss, baterias da norte-americana Octillion e baús Randon. A Danfoss Editron e a Octillion estudam instalar fábricas no Brasil, disse a Ambev.Na semana passada, a Reuters publicou que o Mercado Livre, maior portal de comércio eletrônico da América Latina, vai começar a oferecer aos entregadores no Brasil financiamento para compra de veículos elétricos. (Reuters)

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

VEJA TAMBÉM

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!

FIQUE POR DENTRO DE TUDO !

Não saia antes de se cadastrar e receber nosso conteúdo por e-mail diariamente