COTAÇÃO DE 23 A 25/10/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6270

VENDA: R$5,6270

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6730

VENDA: R$5,8030

EURO

COMPRA: R$5,6730

VENDA: R$5,6750

OURO NY

U$1.792,47

OURO BM&F (g)

R$327,87 (g)

BOVESPA

-1,34

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Opinião

Planejamento da Cemig foca investimentos de R$ 22 bi em MG

COMPARTILHE

Crédito: Divulgação

Focar em Minas e vencer. Essa é a diretriz que rege formalmente a Cemig desde janeiro deste ano, quando a revisão do Planejamento Estratégico da Companhia foi aprovada pelo Conselho de Administração para o período 2021/25. É um plano ousado, transformador, voltado a servir ao povo mineiro, recuperando a missão e a capacidade da Cemig de ser indutora do desenvolvimento econômico e social do Estado. Um novo rumo em relação à história recente da companhia. 

De 2009 a 2018, a estratégia esteve focada na distribuição máxima de dividendos e em investimentos minoritários em ativos fora de Minas. Foram colocados em segundo plano os objetivos de eficiência operacional e de investimentos nas atividades tradicionais de distribuição, transmissão e geração em Minas. Nesse período, sempre em valores atualizados a dezembro/2020, a Cemig distribuiu R$ 26 bilhões em dividendos, uma média de R$ 2,6 bilhões ao ano, e investiu R$ 21 bilhões em participações acionárias minoritárias, a maior parte fora de Minas. Dividendos muito acima do mínimo obrigatório – em média 80% do lucro líquido ao ano – e investimentos com geração negativa de valor como Renova, Light, Santo Antônio e Belo Monte. Enquanto isso, o investimento direto na distribuição de energia apresentou média de apenas R$ 1,2 bilhão ao ano.

PUBLICIDADE

A consequência desses investimentos reduzidos foi o atraso no atendimento da carga do Estado: estima-se uma demanda atual não atendida em pedidos de conexão de energia na área de atuação da Cemig da ordem de 1,5 GW, próxima a 25% da carga total atendida pela empresa. Em simultâneo, as despesas operacionais sempre estiveram acima dos parâmetros regulatórios, num total de R$ 7,1 bilhões no período. Na geração, nesse período, houve a perda da concessão das usinas de São Simão, Jaguara e Miranda, que representavam 47,5% do parque gerador da companhia à época.

Se somados os dividendos acima da política da empresa, superiores a R$ 7,1 bilhões, a destruição de valor econômico dos investimentos em participações minoritárias, estimados em R$ 12 bilhões, e as despesas operacionais acima dos parâmetros regulatórios, de outros R$ 7,1 bilhões, chega-se à impressionante cifra de R$ 26,2 bilhões de saída extraordinária de caixa da Cemig no período 2009/18. Quantia que supera o atual valor corrente de mercado da empresa.

O presente planejamento estratégico visa corrigir essa trajetória, invertendo as prioridades para aumentar os investimentos nas atividades tradicionais de distribuição, transmissão e geração em Minas, aumentar a eficiência operacional e desinvestir das participações minoritárias em projetos fora do Estado, com distribuição de dividendos limitada à política definida pela companhia. Esse é o modelo que permitirá a maior geração de valor econômico para a Cemig e seus acionistas, garantindo a sustentabilidade de longo prazo da companhia. 

Os investimentos nos negócios tradicionais de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica em Minas deverão alcançar o total de R$ 22,5 bilhões no período 2021/25, uma média de R$ 4,5 bilhões/ano, um total superior a 300% em relação ao período 2009/18.

Na distribuição, um dos destaques é o recém-lançado programa Mais Energia, que proporcionará a construção de 200 novas subestações de energia elétrica até 2027, quase 50% de crescimento sobre as atuais 413 subestações. Com isso, haverá mais qualidade de fornecimento e capacidade de injeção e distribuição de energia, eliminando a carga não atendida até o final do programa. Já o programa Minas Trifásico prevê a conversão de cerca de 30.000 km de redes rurais monofásicas em trifásicas, com ênfase no interior do Estado, eliminando gargalos existentes e permitindo o florescimento do agronegócio, com maior disponibilidade de energia para irrigação, para modernização da produção de leite e para maior valor adicionado na produção de café, dentre outros.

Na geração, o foco são investimentos em energia renovável, notadamente energia fotovoltaica e eólica, com a construção de mais de 1 GW de potência, num total de investimentos superior a R$ 5,6 bilhões. Outras áreas prioritárias de investimentos são geração distribuída e gás natural, ambas com previsão superior a R$ 1 bilhão cada. 

Como decorrência destes investimentos, conforme cálculos realizados pela Fundação João Pinheiro, é prevista a criação de 150 mil novos empregos diretos e indiretos em Minas, o que impactará positivamente também a geração de renda no Estado. 

Por fim, as metas de eficiência operacional também são ambiciosas: as despesas operacionais alcançaram o patamar regulatório, estabelecido pela Aneel, pela primeira vez na história em 2020 e deverão ser 10% inferiores até 2025, ganho esperado de R$ 600 milhões. A política de dividendos preservará o caixa da companhia para financiamento dos investimentos, com distribuição de proventos limitada ao máximo de 50% do lucro líquido de cada exercício. 

Em suma, a Cemig foi criada por Juscelino Kubitschek em 1952 com o objetivo de servir a Minas Gerais. E o fez com excelência por muitos anos. Estamos recuperando essa ambição com um nível recorde de investimentos e de eficiência, com foco em Minas e, sobretudo, com o firme propósito de transformar vidas com a nossa energia. Essa é a vocação da Cemig.

*Diretor-Presidente da Cemig
Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!